Fonte: OpenWeather

    VIOLÊNCIA ANIMAL


    Gato é esfaqueado em Parintins e voluntários pedem ajuda no tratamento

    Após levar três facadas, o gatinho 'Elfo' agora luta pela vida

    | Foto: Reprodução

    Manaus - Na noite da última quinta-feira (28), um gato adulto levou três facadas em Parintins (distante 369 km de Manaus). O animal sobreviveu ao ataque, foi encontrado e entregue ao 'Anjos de patas', um grupo voluntário e defensor da causa animal. O autor do crime segue desconhecido.

    O gato foi adotado e ganhou o nome de 'Elfo'. No mesmo dia em que foi encontrado, ele foi internado na Associação Patinhas Unidas Parintins (Apup), uma organização sem fins lucrativos. Lá, o animal foi medicado e precisou passar por cirurgia.

    "Ele já está bem melhor, mas ainda está dopado. A dona dele e eu estamos fazendo orçamento de remédios, porque agora ele precisa iniciar um tratamento para se recuperar. Estamos na luta a procura de doações para essas medicações", diz Marília Marinho, voluntária do Anjos de Patas.

    Custos da cirurgia foram pagos com doações, mas ainda falta dinheiro para remédios
    Custos da cirurgia foram pagos com doações, mas ainda falta dinheiro para remédios | Foto: Divulgação/Anjos de Patas

    Ela diz que a cirurgia, os remédios e a castração que precisou ser feita custarão R$ 400 e a nova dona não tem condições de arcar sozinha com os custos. Por isso, Marília está ajudando a conseguir suporte para que o tratamento do gato possa ser pago e ele consiga se recuperar.

    Quem quiser e puder ajudar, o telefone para doações é o (92) 99357-7591 (falar com Marília). Se você morar em Parintins, pode ir até até a rua Mário Jorge Cabral de Melo (rua 6), no bairro Itaúna 2, onde o gato segue internado.

    Veja vídeo do gato após cirurgia

    Animal está medicado e aguarda alta médica | Autor: Reprodução
     

    Violência contra animal é crime

    O art. 32 da Lei 9.605/1998 (Crimes Ambientais) caracteriza como crime maltratar animais, ferir ou mutilar. A lei serve para o caso de animais silvestres, domésticos ou domesticados, de nativos a exóticos. Quem comete o crime, pode sofrer reclusão de três meses a um ano e pagar multa.

    Desde o início de março, a Policia Civil do Amazonas disponibiliza uma nova forma on-line e anônima para denunciar crimes contra animais, como abandono e maus-tratos. Basta acessar o site da Delegacia Interativa, ir na aba 'crimes contra animais' e preencher a ocorrência.

    Leia matéria completa sobre como fazer denúncias de crimes contra animais no Amazonas.

    Comentários