Fonte: OpenWeather

    covid-19


    Hospital de campanha municipal ultrapassa 500 altas médicas

    O hospital de campanha administrado pela Prefeitura de Manaus conta com 180 leitos ativos, sendo 39 UTIs

    Antônio Marcos Rabelo, de 30 anos, foi o paciente de número 500 a receber alta | Foto: Divulgação

    Manaus - Em 57 dias de atividades, o hospital de campanha municipal Gilberto Novaes, no Lago Azul, zona Norte, ultrapassou o número de 500 altas médicas. Na tarde desta segunda-feira (8), mais sete pacientes retornaram para suas casas curados da Covid-19.

    “No hospital de campanha enfrentamos uma luta diária no combate à Covid-19. Hoje concedemos alta ao paciente de número 500. Para nós, o momento em que o paciente recebe alta e retorna para sua família é muito gratificante. Agradeço ao empenho dos incansáveis médicos, enfermeiros, técnicos, fisioterapeutas e todos os demais profissionais que, diariamente, estão no hospital, na linha de frente de combate ao vírus. O momento é de celebração, mas também de ressalvas, para que possamos vencer esse vírus”, afirmou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. 

    Antônio Marcos Rabelo, de 30 anos, foi o paciente de número 500 a receber alta após dez dias de tratamento. Rabelo deu entrada na unidade com 60% do pulmão comprometido e nesta segunda-feira foi mais um a vencer a Covid-19. Na saída, estava sendo aguardado pelos seus pais, Francisco Edson Rebouças e Marileide Rebouças. 

    “Sempre fui uma pessoa saudável, não tenho nenhuma doença, mas esse vírus é cruel, me pegou com bastante força. Essa foi uma experiência não tão agradável, mas que, com a ajuda de Deus, consegui suportar e passar por ela. Eu só tenho a agradecer a toda a equipe do hospital: médicos, enfermeiros, técnicos, fisioterapeutas. Desde o dia em que me internei, recebi o melhor tratamento possível”, declarou. 

    Os resultados foram conquistados em menos de dois meses de funcionamento
    Os resultados foram conquistados em menos de dois meses de funcionamento | Foto: Divulgação


    O coordenador do hospital de campanha, Ricardo Nicolau, destacou o trabalho integrado dos profissionais que estão na linha de frente dentro do hospital. Para Nicolau, conceder alta a 500 pacientes, em menos de dois meses de funcionamento, representa o resultado positivo do trabalho de várias pessoas. 

    “Eu costumo dizer que a alta é o ápice da alegria, a recompensa de um trabalho que deu certo. A alta do paciente de número 500 é resultado do trabalho de várias pessoas. Embora este seja um hospital jovem, temos apenas 57 dias de funcionamento, o profissionalismo da nossa equipe multidisciplinar tem possibilitado a cura desses pacientes. E esta é a nossa recompensa, devolver o paciente para sua família”, destacou Ricardo. 

    O hospital de campanha administrado pela Prefeitura de Manaus, em parceria com o grupo Samel e o instituto Transire, completa dois meses de atividade no próximo dia 13 e, atualmente, conta com 180 leitos ativos, sendo 39 UTIs. 

    Comentários