Fonte: OpenWeather

    Tragédia


    Após perder filho e toda casa em incêndio, família aceita doações

    Sem nada, a família precisa recomeçar do zero e conta com a colaboração e solidariedade dos amazonenses

    A família veio do Pará, estado vizinho do Amazonas, na tentativa de levar uma vida melhor em Manaus
    A família veio do Pará, estado vizinho do Amazonas, na tentativa de levar uma vida melhor em Manaus | Foto: Naylene Freire/Rogério Barros

    Manaus - Antes eram cinco, agora são apenas quatro membros. A família Silva precisa recomeçar. Em entrevista ao EM TEMPO, o pai Leandro Silva ainda atordoado explicou sobre a morte do filho no incêndio (Alexsandro, de seis anos) e disse que precisa de ajuda e toda a doação será bem-vinda. As chamas destruíram tudo que tinha dentro da casa, onde a família morava.

    A família veio do Pará, estado vizinho do Amazonas, na tentativa de levar uma vida melhor na capital amazonense. Em um casamento de 11 anos, a família tinha três filhos: um menino de sete, outro de seis e uma menina de três anos. De acordo com os familiares, Jéssica Barbosa além de dona de casa, trabalhava como autônoma e realiza muitos “bicos” para ajudar no sustento de casa.

    “Morávamos numa casa alugada. Tudo que tínhamos estava naquela casa. Eu sou um homem trabalhador, tenho calos nas minhas mãos. Tudo que faço é para o bem-estar da minha família. As coisas são difíceis, mas nunca deixei faltar comida dentro de casa. Nesse momento preciso de ajuda. Estou recebendo muitas doações e agradeço ao povo amazonense. Quem puder nos ajudar, serei eternamente grato. Nem celular tenho, pois fiquei endividado e precisei vender o aparelho para quitar as contas”, disse o pai.

    Jéssica, mãe de Alexsandro, conta com ajuda de advogados que voluntariamento estão ajudando no caso dela
    Jéssica, mãe de Alexsandro, conta com ajuda de advogados que voluntariamento estão ajudando no caso dela | Foto: Naylene Freire/Rogério Barros

    De acordo com Leandro, os familiares têm ajudado conforme as suas possibilidades. Ele explicou ainda, que os advogados que estão cuidando do caso de Jéssica Silva (esposa), são profissionais que estão trabalhando de maneira voluntária e que não cobraram nada pelo serviço.

    “Eu sou trabalhador, nunca tive pai presente. Prometi para mim mesmo que quando tivesse filhos eu seria um bom pai. E assim eu tenho feito. Sempre que posso eu saio com as crianças, eles são felizes com a gente. Nesse momento, estou precisando de ajuda. Não temos condições”, em lágrimas relatou Leandro.

    Doações

    Um amigo da família disponibilizou uma conta bancária para quem quiser ajudar em dinheiro. Os dados para transferência ou depósito estão no nome de Jadson de Souza Araújo, banco Bradesco, conta corrente, agência 0320, conta 179434, CPF 938.429.702-00. Quem preferir doar alimentos, roupas entre outros, pode entrar em contato com a família pelo número (92) 99347-6466.

    Desfecho

    O menino Alexandro Barbosa da Silva foi enterrado no último sábado (13), com a presença da mãe Jéssica Silva que foi liberada após passar a noite detida. De acordo com a polícia, a mulher vai responder em liberdade pelo crime de abandono de incapaz. As outras crianças passam bem e estão fora de perigo. O filho mais velho (sete anos) teve partes do rosto queimadas quando salvou a irmã de três anos do sinistro.

    Entenda

    Alexsandro Henrique Barbosa de apenas seis anos, morreu na manhã da última sexta-feira (12), durante um incêndio na casa dele no Beco Boa Sorte, no bairro São José. Quando o fogo começou a criança correu e se escondeu debaixo da pia ao lado da botija de gás. O irmãozinho dele de sete anos, que também estava no imóvel, ainda tentou tirá-lo do espaço, mas com medo ele se recusou a sair.

    Alexsandro acabou morrendo no local, já o irmão Aleandro, conseguiu sair e ainda retirar a irmã menor de três anos. Ele sofreu queimaduras pelo corpo e foi levado às pressas por uma equipe do Samu para um hospital próximo. A menina chamada Aleandra escapou sem ferimentos. Os pais da criança estavam trabalhando no momento do incêndio e se desesperaram ao saber da tragédia. 

    Leia Mais

    Com lágrimas e aplausos de familiares, mãe se despede de Alexsandro
    Velório de Alexsandro é marcado por pedido de justiça e homenagens

    Tragédia: criança morre durante incêndio dentro de casa em Manaus

    Comentários