Fonte: OpenWeather

    Revolta


    Número de espancamentos em bandidos cresce em Manaus

    Revoltados e cansados com o aumento de assaltos e outros crimes na capital amazonense, populares não esperam a ação policial e fazem justiça com as próprias mãos

    em alguns casos, a polícia intervém quando dá tempo
    em alguns casos, a polícia intervém quando dá tempo | Foto: Divulgação

    Manaus- Nos últimos dias, cerca de três linchamentos em assaltantes foram registrados em zonas diferentes de Manaus. Os criminosos são capturados por populares, em flagrantes, e furiosos iniciam a sessão de surras. Em alguns casos,  acabam mortos ou quando dá tempo, são salvos pela polícia que chega no local para intervir. Fora o susto, muitos precisam passar por atendimento médico, incluindo procedimentos cirúrgicos, inclusive reconstrução de partes do corpo.

    Relembre alguns casos

    Um homem identificado como Alcemir dos Santos, foi pego em flagrante por populares, após assaltar uma mulher, no dia 27 de junho, na avenida Torquato Tapajós, bairro Tarumã (Zona Norte de Manaus). Com uma faca ele anunciou o assalto e em desespero, a vítima gritou por socorro. O assaltante foi espancado pelos moradores da região e se não fosse a intervenção da Polícia Militar, o homem teria ido a óbito.

    Outro caso parecido, aconteceu na última terça-feira do mês passado, na rua Vasco da Gama,  bairro Cidade de Deus, (Zona Norte da capital amazonense). Um homem, sem identificação e que aparentava ter entre 19 e 24 anos, morreu em um dos linchamentos. A polícia esteve no local e acionou a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas quando chegaram,  a vítima já estava sem vida.

    Mortes por agressões físicas estão mais comuns
    Mortes por agressões físicas estão mais comuns | Foto: Divulgação

    O corpo que também possuía marcas de pauladas e pedradas permanece no Instituto Médico Legal (IML). O curioso desta ocorrência é que o homem ainda não teve identificação confirmada. Ele possuía cabelos pretos lisos e curtos, era pardo, no momento da morte vestia calça e camisa nas cores cinza e branca.

    O terceiro episódio foi no bairro Nova Floresta (Zona Leste), na noite desta quinta-feira (02). Uma dupla armada tentou assaltar a motocicleta de modelo Titan, uma 125, de um trabalhador. E na hora da fuga, um rapaz identificado como Jefferson Ribeiro Silva, 23 anos, ficou para trás e os populares não pensaram duas vezes. O homem teve a região da cabeça fortemente atingida e precisou passar por procedimentos cirúrgicos. Ele não morreu porque a polícia chegou e agiu.

    Posicionamento policial

    Em entrevista ao EM TEMPO, em um dos casos citado acima o delegado Fábio Silva, explicou que qualquer tipo de delito cometido por criminoso, não justifica a reação da população, a ponto de tirar a vida de uma pessoa.

    "A gente pede que a população não faça justiça com as próprias mãos. Teremos que investigar o que aconteceu, tem muitas câmeras de segurança aqui na área, então vamos atrás do autor, não é porque a pessoa estava roubando ou tomando um caminho errado, que a população tem o direito de fazer esse tipo de linchamento", disse o delegado.

    Muitos precisam passar por cirurgia de reconstrução
    Muitos precisam passar por cirurgia de reconstrução | Foto: Reprodução

    Registros oficiais

    De acordo com informações do Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), foram registrados em Manaus no ano de 2019 de janeiro a maio 17.123 casos de roubos e 16.554 registros de furtos. Em 2020 os dados de roubos no mesmo período são 14.711 e de furtos são 14.363.

    Vale ressaltar a importância de registrar o Boletim de Ocorrência (B.O.) nesses crimes, afinal a partir deste documento pode ser instaurado um inquérito policial para a apuração criminal. Além disso, garante o direito da população em ter o serviço de segurança pública.  


    Leia Mais

    Em tentativa fracassada de assalto, homem apanha e quase morre 

    Ladrão toca o terror no ônibus da linha 066 e acaba preso em Manaus 

    Dupla é presa após assaltar mercadinho no Viver Melhor 

    Comentários