Fonte: OpenWeather

    Tráfico


    Secretário de segurança promove reunião contra tráfico nos rios

    O assunto foi sobre a nova base fluvial, Arpão, que vai ter o objetivo de fiscalizar e combate o tráfico nas águas sua inauguração esta prevista pra agosto

    Manaus - A reunião sobre o funcionamento da base Arpão, que tem como objetivo ações de combate ao crime organizado nos rio, ocorreu na manhã nessa quinta-feira (09). Estavam presentes o secretario de segurança pública, coronel Louismar Bonates, junto com a polícia militar e civil ficando estabelecido a previsão de inauguração da nova base fluvial em agosto pelo governador Wilson Lima. 

    A base vai abrigar tropas estaduais e federais e funcionará em parceria com o Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras (VIGIA), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). A próxima reunião contará com a presença de representantes de todos os órgãos que integrarão as equipes, como Polícia Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Corpo de Bombeiros e Força Nacional.

    “Ontem, eu tive uma conversa com o coronel Paim, que é o novo secretário nacional de Segurança Pública, para que ele mande a tropa para cá, para colocarmos no início de agosto a base em operação, considerando que a pandemia realmente já está sob controle”, ressaltou o secretário de segurança, o coronel Louismar Bonates, que abriu o evento ao lado da delegada geral da Polícia Civil do Amazonas, Emília Ferraz.

    O coordenador do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), da Polícia Civil, delegado Juan Valério, destacou a coleta de informações de inteligência da área em que a base será implantada para maior eficácia das ações.

    “Vão fornecer subsídios para as agências tanto de inteligência quanto as Delegacias Especializadas para direcionar mais as investigações e tornar mais eficazes nossas atuações no que se referem a grandes apreensões que causam prejuízos ao crime organizado”. 

    Leia mais:

    Jovem é preso por integrar quadrilha de "piratas"em Coari

    Em 2020, Denarc já apreendeu mais de 3 toneladas de drogas

    Disque-denúncia já recebeu mais de 3 mil ligações em 2020, no Amazonas

    Comentários