Fonte: OpenWeather

    Multa


    Adaf vistoria aproximadamente 300 veículos em áreas de acesso a Manaus

    A multa por estabelecimento, proprietário, transportador ou condutor de animal de grande, médio e pequeno porte, de seus produtos e subprodutos é de R$ 300

    Um dos autos de infração foi referente ao transporte de 24 aves sem os documentos zoosanitários obrigatórios
    Um dos autos de infração foi referente ao transporte de 24 aves sem os documentos zoosanitários obrigatórios | Foto: Divulgação/Adaf

    Entre os dias 14 e 20 de julho, aproximadamente 300 veículos foram abordados por agentes da autarquia em uma operação que atuou em barreiras volantes nas rodovias AM-070 e AM-010 e no Porto da Ceasa. A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) intensificou a fiscalização de produtos de origem animal e vegetal em áreas de acesso a Manaus. 

    O Trânsito de produtos de origem animal sem documentação e mal acondicionados, ausência de nota fiscal e tentativa de burlar a fiscalização geraram os três autos de infração aplicados durante os cinco dias úteis em que a operação foi realizada. A ação contou com o reforço dos novos servidores estatutários da Adaf, empossados recentemente.

    Um dos autos de infração foi referente ao transporte de 24 aves sem os documentos zoosanitários obrigatórios.  A barreira volante também identificou fraude em nota fiscal de duas caixas de ovos. No documento, constava o nome de uma granja, mas os produtos eram de outra. A carga foi apreendida e destruída no aterro sanitário.

    A multa por estabelecimento, proprietário, transportador ou condutor de animal de grande, médio e pequeno porte, de seus produtos e subprodutos é de R$ 300, mais o valor por animal ou produto em situação irregular. Os autuados têm 30 dias para apresentar defesa junto à Adaf. Passado esse período, a agência define se a multa será mantida ou revertida em advertência.

    A operação contou com o apoio da Polícia Militar e Batalhão Ambiental. Que além de observar a documentação e as condições das cargas, a operação também teve caráter educativo, com os agentes da Adaf orientando os condutores sobre as regras para transporte de produtos de origem animal e vegetal.

    Leia mais:

    Olarias de Iranduba são notificadas por órgãos de defesa do consumidor

    Bares e flutuantes irregulares são interditados em Manaus

    Duas pessoas são presas por tráfico de madeira e posse ilegal de arma

    Comentários