Fonte: OpenWeather

    Amamentação


    Campanha arrecada potes para armazenar leite humano em Manaus

    Doações para a campanha "Doe um Frasco de Amor" podem ser feitas em três maternidades de Manaus

    Três maternidades em Manaus recebem as doações
    Três maternidades em Manaus recebem as doações | Foto: Divulgação/Susam

    Manaus - Três maternidades na capital estão arrecadando potes de vidro, que serão utilizados para armazenar leite humano. A campanha "Doe um Frasco de Amor" faz parte da Semana de Amamentação e do Agosto Dourado. 

    As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, em três locais. São eles: Banco de Leite Humano (BLH) da Maternidade Ana Braga - Avenida Cosme Ferreira, bairro São José, Zona Leste; BLH da Maternidade Azilda da Silva Marreiro - Avenida Samaúma, bairro Cidade Nova, Zona Norte; e BLH da Maternidade Balbina Mestrinho - Rua Duque de Caxias, bairro Praça 14, Zona Sul.

    Os frascos serão utilizados para o armazenamento de leite materno, que atende crianças prematuras de Manaus e dos municípios do interior do Amazonas. Somente em 2019, o Banco de Leite do Estado atendeu mais de 4,8 mil bebês prematuros por meio de 1,9 mil litros de leite distribuídos.

    Armazenamento em potes de vidro segue recomendação dos órgãos de vigilância
    Armazenamento em potes de vidro segue recomendação dos órgãos de vigilância | Foto: Divulgação/Susam

    Para o melhor armazenamento e esterilização, os potes doados devem ser de vidro e com tampa plástica rosqueável, no estilo dos recipientes de café solúvel. Além do armazenamento, os frascos são utilizados para pasteurização e distribuição do leite, seguindo as normas de segurança dos órgãos de vigilância sanitária.

    Para doações a partir de 10 potes, a equipe do Banco de Leite vai até o local onde está o doador. A coleta dos itens deve ser agendada pelos telefones 3647-4235 (Ana Braga); 3182-4509 (Balbina Mestrinho); e 3643-5523 e 99170-5783 (Azilda Marreiro).

    Leite materno

    Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), da Organização Mundial da Saúde (OMS), o leite materno é o melhor alimento para os recém-nascidos e crianças com até 2 anos.

    O leite humano coletado é utilizado para a alimentação de bebês internados e que não podem ser amamentados pelas próprias mães. Por meio do leite materno, a criança tem mais chances de recuperação e fica protegida de infecções, diarreias e alergias.

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais

    Pacientes com doenças crônicas poderão receber Bolsa Medicamento

    Coronavírus: não há expectativa de vacinação até 2021, diz OMS

    Tecido que neutraliza coronavírus é desenvolvido por pesquisadores

    Comentários