Fonte: OpenWeather

    Confusão


    Bêbado, fisiculturista fura barreira e ainda agride policial em Manaus

    De acordo com a polícia, o personal trainer identificado com Gustavo Turner estava visivelmente embriagado

    Nas redes sociais, Turner demonstra ter amor por motocicletas, velocidade e competições | Foto: divulgação

    Manaus - Na tentativa de fugir de uma barreira policial, o personal  trainer identificado com Gustavo Henrique Turner de 39 anos, foi preso por militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).  O caso ganhou repercussão nesta segunda-feira (10) na imprensa local, por se tratar de um competidor de fisiculturismo conhecido em Manaus.

    De acordo com a polícia, Gustavo estava visivelmente embriagado, e quando saiu do carro deu um soco em um dos policiais. O fato aconteceu no último sábado (8), durante uma operação na avenida Noel Nutels, bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus.

    Os cones da barreira policial foram levados pelo personal, que dirigia um veículo do modelo Virtus, cor vermelha. Quando os militares perceberam que Gustavo estava fugindo da revista, saíram em perseguição e adentraram no bairro Manoa. Os agentes afirmam que o personal estava nitidamente embriagado.

    Depois da ação, Gustavo teve que ser conduzido ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e, posteriormente, foi encaminhado para o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN).  No departamento, o personal realizou o exame do bafômetro, e o resultado apresentou quantidade de 0,49 miligramas de álcool por litro de sangue.

    Constatado que ele estava dirigindo sob efeito de bebida alcoólica, o condutor desferiu um soco na boca do 1° sargento, identificado apenas como Bráulio. O militar havia sido o aplicador do exame de alcoolemia. Em flagrante, o homem foi preso por direção perigosa sob efeito de substância alcoólica e lesão corporal.

    Nas redes sociais, Turner demonstra ter amor por motocicletas, velocidade, competições, viagens e fisiculturismo. Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil do Amazonas.

    Leia Mais:

    Exércitose pronuncia sobre caso de soldado morto em batalhão no AM

    Alfândega apreende 235 produtos eletrônicos no valor de R$ 10 mil

    Jovem é morto por não colaborar com o tráfico no bairro Compensa

    Comentários