Fonte: OpenWeather

    Volta às aulas


    30 mil profissionais da educação farão testes rápidos para Covid-19

    Retorno as aulas foram confirmados 10 casos de Covid-19

    Retorno as aulas foram confirmados 10 casos de Covid-19
    Retorno as aulas foram confirmados 10 casos de Covid-19 | Foto: Bruno Zanardo/Secom

    Manaus- 30 mil profissionais da educação farão testes rápido de covid-19 a partir de terça-feira(18). Serão 15 mil testes na capital e os outros 15 mil serão no interior, os profissionais interessados devem agendar a partir da segunda-feira (17), pelo aplicativo Sasi, disponível gratuitamente para download nas lojas virtuais App Store e Google Play.

    Nessa primeira etapa, os testes serão direcionados para os profissionais da capital, pelo fato de estarem já atuando nas escolas desde o último dia 10 agosto. A aplicação dos testes rápidos agendados será realizada na Escola de Enfermagem de Manaus, da Universidade Federal do Amazonas (EEM/Ufam), na rua Terezina, 495, bairro Adrianópolis, e em regime drive-thru, no Centro de Convenções Prof. Gilberto Mestrinho (Sambódromo).

    Aquisição e resultados dos testes – A aquisição dos testes rápidos passou por um processo de dois meses de licitação. A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) homologou a licitação, e os testes passaram a estar disponíveis para serem aplicados. As ações de testagens são coordenadas pela FVS-AM e realizadas em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto.

    O resultado do exame será enviado via e-mail, não sendo necessário esperar no local. O horário de funcionamento é das 8h às 17h. O profissional deve apresentar identificação funcional.

    Casos notificados – Segundo a FVS-AM, foram notificados 10 casos suspeitos de Covid-19, nesse retorno das aulas, em Manaus, sendo oito em professores e dois em alunos. Conforme Rosemary Costa Pinto, esses casos não foram adquiridos nos ambientes escolares.

    “Em primeiro lugar, a nossa vigilância ativa nas escolas está funcionando plenamente. Ela está sensível e captando os possíveis casos que possam ser detectados no ambiente escolar. Esses 10 casos, oito em professores e dois em alunos, são casos de transmissão comunitária, não foram adquiridos no ambiente escolar e foram manejados oportuna e adequadamente”, assinalou, acrescentando que os casos receberam atenção conforme os protocolos.

    “Os pacientes foram isolados, encaminhados para atendimento médico, e as equipes de vigilância epidemiológica estão fazendo as investigações. Todos os casos terão coletas de amostras para exames por PCR, que é o padrão ouro para que nós possamos realmente identificar quem está em transmissão ativa e cuidar adequadamente desses casos e dos seus contatos”, explicou.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

     Seduc confirma quatro casos de Covid após volta às aulas em Manaus

    Escolas estaduais realizam medidas de higienização para receber alunos

    Covid-19: Nova notificação eleva número de mortes no AM

    Comentários