Fonte: OpenWeather

    Oportunidade


    Projetos que irão gerar 2 mil empregos serão avaliados pela Suframa

    Análise de projetos ocorre nesta quinta-feira (27) durante reunião do Conselho de Administração da Suframa (CAS)

    Sede da Suframa, em Manaus
    Sede da Suframa, em Manaus | Foto: Divulgação

    Manaus - O Conselho de Administração da Suframa (CAS) irá avaliar 23 projetos industriais e de serviços, além de outros cinco agropecuários, que podem gerar mais de dois mil empregos diretos. A análise ocorrerá durante a 293ª Reunião Ordinária, nesta quinta-feira (27), que será realizada por meio de videoconferência e será transmitida no canal oficial da Suframa no YouTube. 

    Somente os projetos industriais somam investimentos totais de cerca de R$ 1,4 bilhão. Já os agropecuários possuem investimentos previstos de R$ 17,2 milhões. 

    O superintendente da Suframa, Algacir Polsin, ressaltou a importância do número de empregos da pauta no atual cenário de pandemia.

    "A criação de mais de 2 mil novos postos de trabalho já demonstra uma recuperação econômica gradativa na região. Essa diversificação da pauta também é importante por sinalizar o crescimento de segmentos que não são tradicionais no Polo, trazendo novos investimentos para o PIM", afirmou. 

    Destaques da pauta

    No segmento eletroeletrônico - um dos mais tradicionais do Polo Industrial de Manaus (PIM) - há destaque para um projeto de implantação para produção de circuito integrado eletrônico tipo memória, pelo adensamento da cadeia de componentes. As atenções também estão voltadas para um projeto de ampliação e atualização que visa a produção de televisor em cores com tela de cristal líquido. 

    Para o ramo agropecuário, o destaque é para um projeto de implantação para culturas diversas e unidade de processamento de polpas de frutas, ocupando uma área de mil hectares no Distrito Agropecuário da Suframa (DAS). 

    *Com informações da assessoria

    Leia mais: 

    Amazônia recebe a Semana da Indústria 4.0

    Suframa retoma atividades presenciais em Manaus

    Comentários