Fonte: OpenWeather

    Inauguração


    Prefeito Arthur Neto deixa governo municipal com 24 creches

    O prefeito chegou à administração municipal com apenas uma creche própria e três outras funcionando em regime de convênios

    A nova unidade de ensino, na Zona Oeste, tem capacidade para atender até 200 crianças | Foto: Valdo Leão / Semcom

    Manaus - Um dos avanços da gestão do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, em oito anos, foi a educação básica que saltou do 23º lugar para figurar entre as 10 melhores no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). E, dentro desse avanço, a construção de creches teve destaque. Nesta quarta-feira (30), o prefeito Arthur Neto, acompanhado da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, inaugurou a creche municipal Magnólia Pessôa Figueiredo, situada no bairro Tarumã, Zona Oeste, a 24ª da cidade.

    O prefeito chegou à administração municipal com apenas uma creche própria e três outras funcionando em regime de convênios. Nesses últimos anos, construiu 19, atingindo um feito histórico, que só não avançou mais, como ele costuma destacar, “porque a conta é perversa”, ficando o município com a responsabilidade de bancar 90% do custeio anual.

    “Queríamos ter feito muito mais, mas o encargo de construção (45% do total) e de manutenção (90%) é cruel para o município. Mas conseguimos um feito histórico. Em toda a história ocidental de Manaus, apenas uma creche havia sido construída e nós fizemos 19. É uma goleada”, disse Arthur, reforçando que cada creche representa a libertação da mulher, que encontra oportunidade para estudar e trabalhar, e proteção e educação inicial para as crianças, que ganham um ambiente seguro e uma metodologia pedagógica que abre as portas do aprendizado para elas. 

    A nova unidade de ensino, na Zona Oeste, tem capacidade para atender até 200 crianças, de 1 a 3 anos. No total, o prédio conta com nove salas de aula, atendendo nove turmas, sendo maternal 1 e 2 em período integral e o maternal 3 com turmas nos turnos matutino e vespertino.

    A creche foi construída com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por meio do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância). A unidade é dividida em bloco de administração – a entrada principal da unidade; bloco de serviços, com entrada independente e localizado junto ao estacionamento; dois blocos pedagógicos; bloco multiuso; pátio coberto e playground.

    A unidade apresenta metodologia convencional, ao atender três premissas básicas do processo de implantação e expansão do programa Proinfância: custo da construção, tempo de execução e qualidade da construção.

    Outro ponto positivo das creches é que, desde 2014, elas contam com o Currículo Escolar da Creche com o tema “Vivências e Saberes na Fase Creche”, que facilita o planejamento anual baseado no desenvolvimento de experiências para as crianças. “Em nome da comunidade São Pedro, no bairro Tarumã, queremos agradecer esse presente porque é a primeira creche que recebemos”, destacou o líder comunitário Ronaldo Oliveira, conhecido como “Ronaldinho”.

    Homenagem

    Magnólia Pessôa Figueiredo, natural de Manaus (AM), nasceu no dia 10 de dezembro de 1932 e morreu no dia 4 de abril de 2018. Filha de Tereza Rodrigues Pessôa e de Sérgio Rodrigues Pessôa, ex-prefeito de Manaus. Foi casada com José Luiz Figueiredo e mãe de Sérgio Alfredo, Maria das Graças, Maria de Fátima e Maria Teresa, com 11 netos e dez bisnetos.

    Exerceu vários cargos públicos, entre eles a de presidente da Campanha Nacional de Merenda Escolar (CNME) no Amazonas, nas décadas de 1960 e 1970, quando implantou vários programas para utilização de produtos regionais na merenda escolar e chefiou missões do governo brasileiro nos Estados Unidos, junto a programas e órgãos internacionais, como "Aliança para o Progresso" e "Alimentos Para Paz". Por seu relevante trabalho e dedicação, recebeu o título de Cidadã do Estado norte-americano do Tennessee.

    “Esse resgate é importante, minha avó foi funcionária pública, mas o que ela mais gostou foi a merenda escolar e o trabalho dela foi reconhecido pela ONU, a Organização das Nações Unidas, a minha avó se preocupava com a qualidade da alimentação das crianças”, destacou Fernando Prestes, neto da homenageada.

    Mais uma escola

    O prefeito também entregou a escola municipal Elvira Borges, bairro Compensa, zona Oeste, que foi totalmente revitalizada este ano, com troca da cobertura, reparos na rede elétrica, hidráulica, piso, revestimento e pintura. Além disso, a escola ganhou uma quadra poliesportiva com aproximadamente 500 metros quadrados. Essas benfeitorias vêm para atender a um público de aproximadamente 900 estudantes do ensino fundamental anos iniciais, anos finais e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

    “Nós fizemos uma ampla reconstrução da escola e fizemos essa quadra do zero. É fundamental, está juntinho da escola e é importante para manter as crianças e jovens praticando esporte. Estou muito feliz com essa obra”, disse o prefeito. 

    Para a secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, a missão foi cumprida na Educação. “Nossa missão, por hora, está cumprida. E quem vem pela frente vai encontrar tudo pronto para seguir progredindo, com educação de verdade e com qualidade”, ressaltou.

    *Com informações da assessoria

    Comentários