Fonte: OpenWeather

    Imunização


    Ministro prevê distribuir vacina até dia 20, diz Wilson após reunião

    "A perspectiva que o ministro me deu é que, se tudo andar dentro do previsto, até 20 de janeiro deve começar a distribuição em todo o país", afirmou o governado do AM, em entrevista à CNN

     

    Wilson Lima contou como foi a reunião com o ministro para pedir ajuda no combate ao aumento de casos de Covid-19 no estado
    Wilson Lima contou como foi a reunião com o ministro para pedir ajuda no combate ao aumento de casos de Covid-19 no estado | Foto: Divulgação

    Brasília - Em entrevista à CNN nesta quarta-feira (6), o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), afirmou, que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse em reunião que a perspectiva para a distribuição de vacinas contra o novo coronavírus no país é até o dia 20 de janeiro. 

    "A vacinação é nossa esperança, o Brasil todo nessa expectativa. A perspectiva que o ministro me deu é que, se tudo andar dentro do previsto, até 20 de janeiro deve começar a distribuição em todo o país", contou Lima, que disse ainda que uma equipe do ministério se comprometeu a visitar o Amazonas no dia 11 para discutir a logística de vacinação. 

    Ainda durante a entrevista à CNN, Wilson Lima contou como foi a reunião com o ministro para pedir ajuda no combate ao aumento de casos de Covid-19 no estado, que anunciou "alerta roxo", indicando risco alto de contaminação pela doença.

    "Vim fazer um apelo ao ministro para que aumente esse socorro para o estado do Amazonas. Temos também um problema grande com relação a RH, não há médicos e enfermeiros intensivistas disponíveis para ocupar as unidades de saúde. Tenho 60 leitos prontos que precisam de profissionais para serem ativados. Estamos correndo contra o tempo, contratando, buscando todas as alternativas", afirmou o governador.

    A expectativa é reverter a situação. "Nossa situação é muito complicada, muito difícil. Os números aumentaram de forma assustadora e a gente tem todos os dias batido recorde de internações. Nosso trabalho é salvar vidas e evitar que covas sejam abertas."

    *Por Daniel Fernandes

    Leia mais

    Butantan aponta: CoronaVac tem 100% de eficácia para casos graves

    Governo zera imposto de importação de seringas e agulhas até junho

    Prefeitura reforça atendimento e testagem em UBSs móveis na capital

    Comentários