Fonte: OpenWeather

    Infraestrutura


    Concessionárias de água do AM tem cinco dias para responder por danos

    Dano foi causado em dois trechos da rede de drenagem de águas pluviais, no conjunto Eldorado, localizado no bairro Parque 10, Zona Centro-sul

     

    Conforme a engenharia da Seminf, a rede de drenagem da prefeitura foi danificada em três pontos da rua
    Conforme a engenharia da Seminf, a rede de drenagem da prefeitura foi danificada em três pontos da rua | Foto: Divulgação

    Manaus - A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) deu um prazo de cinco dias, para que as concessionárias Águas de Manaus e Cigás prestem informações a respeito do dano causado em dois trechos da rede de drenagem de águas pluviais, no conjunto Eldorado, localizado no bairro Parque 10, zona Centro-sul. O problema foi identificado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), nesta sexta-feira (22).

    Conforme a engenharia da Seminf, a rede de drenagem da prefeitura foi danificada em três pontos da rua Dr. Amadeu Furtado, antiga rua Uruguai, logo após a instalação de tubulações pela concessionária de água da cidade.

    Situação semelhante foi constatada na rua Caranguejo, na praça homônima, também no conjunto Eldorado. No local, a erosão foi provocada após a instalação de tubulação de gás pela empresa Cigás, fazendo com que o asfalto cedesse, formando grandes buracos, que põem em risco os motoristas e pedestres.

    Os trabalhos de recuperação iniciaram ainda nesta sexta e a estimativa é a de que os trabalhos sejam finalizados até o meio-dia deste sábado (23).

    “A determinação do prefeito David Almeida é a de que essas intervenções das concessionárias sejam realizadas de forma coordenada com a Prefeitura de Manaus, para que os serviços não sofram nenhum tipo de descontinuidade e os usuários não fiquem prejudicados. Fomos acionados pelo vice-prefeito e secretário de Obras, Marcos Rotta, e já solicitamos esclarecimentos das duas concessionárias, para que prestem as informações sobre o ocorrido, sob pena de sanção, conforme prevê o contrato de concessão regulado pela Ageman”, afirmou o diretor-presidente da Agência, Fábio Alho, após realizar uma visita ao local.

    Resposta

    Em nota, a Águas de Manaus informa que responderá dentro do prazo estabelecido a notificação da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman). A empresa também informa que o reparo da rede e o asfaltamento da via já foram realizados. Toda a ação foi executada de forma integrada com a Prefeitura de Manaus.

    *Com informações da assessoria

    Comentários