Fonte: OpenWeather

    Benefício


    Auxílio Estadual: consulte seu CPF e descubra se foi contemplado no AM

    O site do governo está no ar! Veja se você tem direito ao auxílio, com o valor de três parcelas de R$ 200, totalizando R$ 600, que começa ser pago nesta segunda-feira (1º)

     

    Na capital, a entrega em domicílio será feita por técnicos da Secretaria de Estado da Assistência Social
    Na capital, a entrega em domicílio será feita por técnicos da Secretaria de Estado da Assistência Social | Foto: Divulgação

    Manaus - As famílias que têm direito ao Cartão Auxílio Estadual começam a receber o pagamento nesta segunda-feira (1º). O benefício atende cerca de 100 mil pessoas no Amazonas, com o valor de três parcelas de R$ 200, totalizando R$ 600. Para saber se você é um dos contemplados, o site www.auxilio.am.gov.br realiza uma consulta, bastando informar o número do CPF e a data de nascimento. 

    O cartão será entregue em domicílio, sem que seja necessário que as famílias se dirijam a entidades e órgãos públicos. O benefício foi criado para atender famílias em situação de extrema pobreza no estado, destinado exclusivamente à compra de itens para alimentação e higiene. No portal será possível também verificar quais os estabelecimentos credenciados para uso do cartão.

    Consulte seu número de CPF e saiba se você é um dos contemplados para receber o Cartão Auxílio Estadual.

    As entregas iniciam na segunda-feira e continuarão sendo feitas ao longo da semana, até que todas as famílias selecionadas recebam o cartão em casa. A medida busca preservar a saúde da população, evitando a exposição dos beneficiários a um risco maior de transmissão da Covid-19.

    Na capital, a entrega em domicílio será feita por técnicos da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) e do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS).

    Quem recebe o auxílio?

    Para selecionar as 100 mil pessoas que vão receber o benefício, foram analisadas as informações da base de dados do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, extraídos pela Caixa Econômica Federal (CEF). Todos os dados são do mês de referência de novembro de 2020.

    A partir dessa seleção foram identificadas as quantidades, por município do estado do Amazonas, dos beneficiários elegíveis, segundo os seguintes critérios: famílias em situação de “extrema pobreza” e “pobreza”; responsável pela unidade familiar com idade de 18 anos ou mais; famílias com quatro membros ou mais e famílias que recebem benefício do programa Bolsa Família.

    Quanto aos critérios de desempate, foram levados em consideração: situação de pobreza da família (primeiro extrema pobreza, depois pobreza); número de filhos menores de 18 anos na família (de 0 a 6 anos; de 7 a 15 anos; de 16 anos a 17 anos, 11 meses e 29 dias); depois números de nutrizes na família; número de gestantes na família; e data de nascimento do responsável pela unidade familiar.

    Leia mais:

    Volta do auxílio emergencial? Veja o que diz Bolsonaro

    Auxílio Estadual deve reaquecer economia no Amazonas

    Vereador pede o pagamento de duas parcelas do Auxílio Manauara

    Comentários