Fonte: OpenWeather

    Saúde no AM


    Unidades de Saúde do AM recebem novos equipamentos

    A SES-AM aguarda ainda a entrega de 1.209 equipamentos e materiais de uso hospitalar

     

    Nos últimos dois meses, foram distribuídas para as unidades, oito aparelhos de raio-X fixos e três móveis; 20 bisturis elétricos e três eletroencefalógrafos
    Nos últimos dois meses, foram distribuídas para as unidades, oito aparelhos de raio-X fixos e três móveis; 20 bisturis elétricos e três eletroencefalógrafos | Foto: Divulgação/SES-AM

    Manaus -Novos equipamentos estão chegando às unidades de saúde do Amazonas a fim de aparelhar e modernizar os atendimentos prestados à população. A aquisição de equipamentos faz parte do projeto de reestruturação e renovação da secretaria que o Governo do Amazonas está promovendo desde setembro de 2020.

    Nos últimos dois meses, foram distribuídas para as unidades, oito aparelhos de raio-X fixos e três móveis; 20 bisturis elétricos e três eletroencefalógrafos. A SES-AM aguarda ainda a entrega de 1.209 equipamentos e materiais de uso hospitalar. 

    Foram beneficiados com aparelhos de raio-X fixos o Hospital Infantil Dr. Fajardo, a Policlínica Codajás, os Hospitais e Prontos-Socorros (HPS) da Criança da Zona Sul e da Zona Leste (Joãozinho), além dos Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) Joventina Dias, São Raimundo, José Lins e Zona Sul. Já os aparelhos de raio-X móveis foram entregues para as maternidades Balbina Mestrinho, Azilda Marreiro e Nazira Daou.

    O atendimento das grávidas e bebês internados no Instituto da Mulher Dona Lindu e maternidades Ana Braga e Balbina Mestrinho será reforçado com a chegada dos eletroencefalográficos, equipamento que avalia a atividade elétrica espontânea do cérebro. 

    A expectativa da secretaria é que nas próximas semanas sejam entregues mais quatro mesas cirúrgicas e uma mesa hospitalar comum, que serão enviadas para hospitais infantis, fundações e pronto-socorros. 

    Até o fim do mês de abril, a SES-AM aguarda a chegada de 489 equipamentos hospitalares, entre eles 15 aparelhos de raio-X, 15 de ultrassonografia, dois arcos cirúrgicos, sete eletroencefalógrafos e 60 cadeiras de banho. 

    Para as maternidades foram adquiridas 100 bombas de seringa, usadas para medicação em bebês; sete bilirrubinômetros, aparelhos que avaliam os níveis de bilirrubina durante a fototerapia dos recém-nascidos; sete incubadoras de transporte; e 20 camas hospitalares PPP (Pré-Parto, Parto e Pós-Parto).

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Prefeitura oferta 80 vagas para palestra sobre empreendedorismo

    Estudo do AM relaciona mudanças climáticas a partos prematuros


    Comentários