Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Manaus começa a vacinar idosos de 60 a 64 anos nesta quarta

    A vacinação será por ordem decrescente de idade, começando pelas pessoas com comorbidades

    Vacinação será feita até o limite de doses disponíveis | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Inicia nesta quarta-feira (10) mais uma etapa da campanha municipal de imunização contra a Covid-19, com o atendimento escalonado do grupo prioritário de 60 a 64 anos, na capital amazonense. A vacinação será por ordem decrescente de idade, começando pelas pessoas com comorbidades. 

    De acordo com os critérios definidos conjuntamente pelas secretarias de Saúde do município (Semsa) e do Estado (SES-AM) e pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Manaus ainda não dispõe de doses para atender 100% da população estimada para este grupo, que é de 67.694 pessoas, a vacinação será feita até o limite de doses disponíveis.

    “Inicialmente contávamos com 35,7% das doses necessárias para essa faixa etária, enviadas pelo Ministério da Saúde em duas remessas recentes, mas, após reunião técnica com a SES-AM e FVS, redirecionamos doses de saldo remanescente dentro do grupo prioritário de idosos, permitindo uma ampliação para aproximadamente 80% dessa população”, informa a secretária municipal de Saúde interina, Aline Rosa Martins. 

    O cronograma definido pela Semsa estabelece que nesta quarta (10), serão vacinadas, com prioridade, as pessoas de 64 anos, portadoras de comorbidades e na quinta (11) a população geral de 64 anos completos. Na sexta-feira (12), será a vez dos idosos de 63 anos com comorbidades  e no sábado (13) dos demais da mesma idade.

    Dois outros dias, segunda (15) e terça-feira (16) serão destinados ao atendimento das pessoas de 63 e 64 anos que não puderam comparecer aos postos de vacinação de quarta-feira a sábado e para avaliação dos resultados alcançados. “De acordo com esses resultados e a disponibilidade de doses, a Semsa vai planejar a continuidade da campanha para o grupo prioritário de 60 a 64 anos e, mais especificamente, a vacinação da faixa etária de 60 a 62 anos, obedecendo sempre a ordem decrescente de idade e a priorização dos que têm comorbidades”, informa a secretária interina.

    Para saber o horário e o local onde vai se vacinar, o usuário deve consultar o Imuniza Manaus, pelo link imuniza.manaus.am.gov.br. Caso ainda não tenha feito o cadastro, deve acessar o mesmo link e informar dados pessoais, de contato e se é ou não portador de comorbidades.

    Cadastro

    O cadastro não é obrigatório, mas garante que o atendimento nos postos de vacinação seja mais rápido e mais seguro, uma vez que as informações cadastradas no sistema são apenas conferidas com os documentos apresentados, sem necessidade de registro na hora do atendimento. O cadastro também permite o agendamento eletrônico, feito de acordo com o perfil dos sete postos de vacinação e a capacidade de atendimento. Os idosos com dificuldade de acesso ao sistema, por falta de internet ou de equipamentos, podem fazer o cadastro em uma unidade de saúde da rede municipal. Caso o idoso não consiga fazer o cadastro até o dia da vacinação, pode se dirigir ao posto mais próximo do seu local de moradia para ser atendido.

    Para ser vacinado, o idoso precisa apresentar documento de identificação original com foto e CPF.  As comorbidades consideradas para prioridade na imunização, incluem, conforme definido pelo Ministério da Saúde, anemia falciforme, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, doença renal, diabetes mellitus (com dependência de insulina), Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), hipertensão de difícil controle com complicações/lesão de órgão alvo, obesidade grave (IMC > 40) e síndrome de Down. Pacientes oncológicos e pessoas que tenham feito transplante de órgãos também são prioritárias. Essas condições de saúde devem ser comprovadas com a apresentação de receita ou laudo médico.

    Os locais de vacinação são os mesmos das etapas anteriores: Complexo de Treinamento de Direção Veicular do Detran e Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na zona Norte; Centro Cultural dos Povos da Amazônia e Estacionamento da Universidade Paulista (Unip), na zona Sul; Clube do Trabalhador do Sesi, na zona Leste; Balneário do Sesc e Centro de Convenções de Manaus (sambódromo). Os postos funcionam das 9h às 16h.

    Além do grupo de 60 a 64 anos, a prefeitura segue vacinando os remanescentes dos grupos anteriores: idosos de 65 anos ou mais (primeira dose) e trabalhadores da saúde (primeira e segunda doses). Dados do Vacinômetro municipal desta terça-feira, 9, mostram o registro de 206,5 mil pessoas vacinadas contra a Covid-19 em Manaus, das quais 163,5 com a primeira dose e 43,3 mil com a segunda dose.

    Cronograma de vacinação 

    Dia 10 (quarta) – 64 anos com comorbidades

    Dia 11 (quinta) – 64 anos sem comorbidades

    Dia 12 (sexta) – 63 anos com comorbidade

    Dia 13 (sábado) – 63 anos sem comorbidades

    Dia 15 (segunda) - Repescagem (63 e 64 anos) e avaliação de resultados

    Dia 16 (terça) - Repescagem (63 e 64 anos) e avaliação de resultados

    A definir após avaliação técnica dos resultados – 62, 61 e 60 anos (com e sem comorbidades)

    Postos de vacinação abertos das 9h às 16h

    Zona Norte

    Complexo de Treinamento de Direção Veicular do Detran – AM

    Avenida Arquiteto José Henriques Rodrigues, 962 – Colônia Terra Nova

    Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola

    Rua Gandú, 119 - Cidade Nova

    Zona Sul

    Centro Cultural dos Povos da Amazônia

    Avenida Silves, 2.222- Crespo

    Estacionamento da Universidade Paulista (Unip)

    Avenida Mário Ypiranga Monteiro, 3.490 - Parque 10 de Novembro

    Zona Leste

    Clube do Trabalhador do Sesi

    Avenida Cosme Ferreira, 7.399 – São José I

    Zona Oeste

    Balneário do Sesc

    Avenida Constantinopla, 288 – Alvorada

    Centro de Convenções de Manaus (Sambódromo)

    Rua Ipanema, 550, Alvorada

    *Com informações da assessoria

    Comentários