Fonte: OpenWeather

    Doação


    AM recebe 4,6 toneladas de alimentos para grupos em vulnerabilidade

    Os produtos serão repassados semanalmente por meio da ADS

    A iniciativa em adquirir os alimentos produzidos pelos feirantes e produtores inscritos na agência, possibilitará, semanalmente, a distribuição de 14 toneladas de produtos | Foto: divulgação

     

    A iniciativa em adquirir os alimentos produzidos pelos feirantes e produtores inscritos na agência, possibilitará, semanalmente, a distribuição de 14 toneladas de produtos
    A iniciativa em adquirir os alimentos produzidos pelos feirantes e produtores inscritos na agência, possibilitará, semanalmente, a distribuição de 14 toneladas de produtos | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) recebeu a doação de 4,6 toneladas de alimentos regionais e prontos comercializados nas Feiras de Produtos Regionais da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), órgão vinculado à Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror), nesta quint-feira ( 11). Os produtos vão beneficiar grupos em vulnerabilidade social cadastrados pela pasta.

    A iniciativa em adquirir os alimentos produzidos pelos feirantes e produtores inscritos na agência, possibilitará, semanalmente, a distribuição de 14 toneladas de produtos como: hortaliças, hortifrutis, pães, bolos e oleaginosas, auxiliando quem vive da produção rural e que teve a venda impactada pelo período de pandemia. 

    A primeira remessa de alimentos foi feita de forma igualitária na Central de Abastecimento da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), situada em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). Além da Sejusc, as doações serão repassadas para a Secretaria de Assistência Social (Seas) e Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). 

    De acordo com a secretária Mirtes Salles, titular da Sejusc, o Estado tem se sensibilizado em atender os grupos sociais nos bairros e os feirantes que poderão escoar a produção. "Essa doação é muito importante, pois está ajudando tanto os feirantes da ADS quanto a população. Estamos num momento onde as pessoas estão passando por problemas não só de saúde, mas também financeiros, e de falta de alimentos, por conta da redução de empregos e possibilidades de trabalho. Os alimentos serão entregues nas instituições e diretamente nos bairros", afirmou a gestora.

    De acordo com o presidente da ADS, Sérgio Littaiff Filho, 25 produtores e 30 feirantes cadastrados pela Agência na categoria “Economia Solidária” farão semanalmente a distribuição dos alimentos. "Nós retomamos um programa que foi iniciado no começo da pandemia da Covid-19. Estamos distribuindo 14 toneladas de gêneros alimentícios, produtos regionais, adquiridos diretamente pelos feirantes e divididos de forma igualitária pela Sejusc, Seas e FPS, para que os produtos sejam doados às entidades credenciadas nas respectivas secretarias. É uma ação social, mas também é de apoio ao fomento da comercialização dos produtos regionais do Amazonas", destacou Litaiff.

    Beneficiados

    A Instituição Social Anjos Solidários do Amazonas (Isasam) foi uma das beneficiadas na ação social. "Para nós, essa doação é muito importante, ainda mais neste momento que estamos vivendo. Na nossa instituição, atendemos mil pessoas em vulnerabilidade social cadastradas no conjunto habitacional Viver Melhor, 1ª e 2ª etapa", disse Aparecida Geber, presidente da instituição.

    *Com informações da assessoria

    Comentários