Fonte: OpenWeather

    Amazonas


    Fiscalização de energia encontra 'gatos' em bairros de Manaus

    Foram encontradas 76 unidades consumidoras com fraudes/desvios de energia

     

    A Amazonas Energia tem feito um trabalho intenso no combate as perdas
    A Amazonas Energia tem feito um trabalho intenso no combate as perdas | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Os bairros Jorge Teixeira, Nossa Senhora das Graças, Cidade Nova, Petrópolis, Zumbi, Tarumã e São José, passaram por inspeções de ligações clandestinas no último sábado (20). Foram encontradas 76 unidades consumidoras com fraudes/desvios de energia.

    O que mais atrapalha a qualidade no fornecimento de energia é o furto de energia, o famoso “gato”, e no Estado do Amazonas o índice é de 38,29%.

     

    Denúncias de furto de energia podem ser feitas pelo telefone 0800 701 3001
    Denúncias de furto de energia podem ser feitas pelo telefone 0800 701 3001 | Foto: Divulgação

    A Amazonas Energia tem feito um trabalho intenso no combate as perdas, e vai intensificar cada vez mais.

    O desvio de energia não apresenta nenhum tipo de segurança, podendo ocasionar curto-circuito e risco de vida, além de interferir na qualidade do fornecimento de energia de quem paga a conta em dia.

    As ligações clandestinas apresentam risco de morte por choque elétrico, além dos transtornos causados a população com interrupções e oscilações no fornecimento de energia.

     

    Foram encontradas 76 unidades consumidoras com fraudes
    Foram encontradas 76 unidades consumidoras com fraudes | Foto: Divulgação

    Denúncias de furto de energia podem ser feitas pelo telefone 0800 701 3001, pelo aplicativo de celular “Amazonas Energia” disponível no Google Play e App Store, ou pelo canal de denúncias do site amazonasenergia.com.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    SES-AM recebe pesquisadores do Comitê de Assessoramento Científico

    AM reduz chamados por leitos de UTI-Covid em Manaus, diz FVS-AM

    Centros de saúde de atendimento a crianças serão reformados em Manaus

    Comentários