Fonte: OpenWeather

    Gestão Urbana Sustentável


    Manaus é selecionada para programa nacional de desenvolvimento urbano

    As cidades selecionadas são Manaus (AM), Caruaru (PE), Amajarí (RR), Caxias do Sul (RS), Sobral (CE), Rio de Janeiro (RJ), Maringá (PR), Juiz de Fora (MG), e Naviraí (MS).

     

    O evento será transmitido ao vivo no Youtube da Prefeitura de Anápolis.
    O evento será transmitido ao vivo no Youtube da Prefeitura de Anápolis. | Foto: Divulgação/Semcom

    Manaus (AM) - Manaus, a capital do Amazonas, é uma das dez cidades selecionadas no Brasil para participar de Programa de Gestão Urbana Sustentável, concorrendo com outros 126 municípios, em práticas inovadoras.

    Para o prefeito David Almeida, é com alegria que se passa a integrar um grupo seleto de cidades escolhidas no Brasil para atuar no programa de desenvolvimento sustentável, com investimento nacional e internacional.

    "

    Prova de que estamos no caminho de práticas e instrumentos inovadores, de excelência e técnica, e em breve teremos mais resultados muito positivos e propositivos. "

    David Almeida, Prefeito de Manaus

     

    Eixos

    O projeto é implementado, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, com foco em cinco eixos: agenda ambiental nas cidades; financiamento do desenvolvimento urbano sustentável; macrozoneamento para ordenamento territorial, regularização fundiária e prevenção de assentamentos irregulares; verticalização na ocupação e uso do solo urbano; e elaboração e revisão de planos diretores.

    As cidades selecionadas são Manaus (AM), Caruaru (PE), Amajarí (RR), Caxias do Sul (RS), Sobral (CE), Rio de Janeiro (RJ), Maringá (PR), Juiz de Fora (MG), e Naviraí (MS).

    Também integrará o processo de mentoria o Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo (Cioeste).

    Esses municípios se somarão aos seis da primeira fase do projeto: Anápolis (GO), Campina Grande (PB), Eusébio (CE), Fortaleza (CE), Hortolândia (SP) e Tomé-Açu (PA).

    Agenda

    "

    Nosso objetivo é atuar nesta capacitação, participando de uma plataforma nacional para troca de experiências e aprendizado mútuo. A ideia é que possamos desenvolver mais projetos voltados à implantação de instrumentos inovadores na construção do desenvolvimento urbano e da melhoria de vida. "

    Engenheiro Carlos Valente, Diretor-presidente do Implurb

     

    Para Valente, essa agenda propositiva vai ampliar o avanço na criação de parâmetros e regulamentações para um desenvolvimento mais equilibrado.

    "

    E que tenha mais atenção às questões urbanísticas, ambientais, mais integradas à mobilidade, às áreas técnicas e à sociedade civil organizada. Buscamos sempre ter procedimentos e ações mais ajustados para a maioria da população. "

    Engenheiro Carlos Valente, Diretor-presidente do Implurb

     

    As propostas selecionadas foram avaliadas dentro dos critérios e premissas de inclusão e equilíbrio entre todas as realidades presentes de tipologias de municípios, biomas e regiões geográficas do Brasil.

    Selecionados

    Os municípios selecionados vão participar do webinário do projeto Andus, nesta quarta-feira, 19/5, das 14h30 às 17h30 (horário Brasília), intitulado “Diálogo sobre instrumentos urbanos ambientais e a cidade”.

    O objetivo é apresentar algumas atividades desenvolvidas no âmbito da Cooperação Brasil-Alemanha, como o Zoneamento Ambiental Municipal (ZAM) e o a experiência de Adaptação baseada em Ecossistemas (AbE) nas comunidades de Salvador (BA).

    O evento será transmitido ao vivo no Youtube da Prefeitura de Anápolis,no estado de Goiás.

    Leia também: Amazonas recebe presidente do BNDES e investidores

    Mentoria

    Esta será a segunda etapa de mentoria e capacitação com municípios brasileiros.

    Da primeira etapa, participaram seis cidades, como projetos-piloto: 

    -Anápolis (GO), município de médio porte com localização intermediária entre duas capitais e fora de região metropolitana; 

    -Campina Grande (PB), cidade-polo regional; 

    -Eusébio (CE), localidade de pequeno porte inserido na Região Metropolitana (RM) de Fortaleza (CE) e componente da região do semiárido;

    -a própria Fortaleza, que encabeça a RM; 

    -Hortolândia (SP), município de médio porte inserido na região metropolitana de Campinas (SP);

    -e Tomé-Açu (PA), cidade de pequeno porte inserido no contexto amazônico e fora de região metropolitana.

    A Prefeitura de Manaus, via Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), vai integrar o projeto de atividades de mentoria e capacitação do projeto de apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável no Brasil (Andus), ligado ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e Ministério do Meio Ambiente (MMA), em parceria com o Ministério Alemão do Meio Ambiente, Proteção da Natureza e Segurança Nuclear (BMU).

    *Em Tempo com informações da assessoria

    Leia mais:

    Projeto aprovado pelo BNDES faz Tour Virtual pelo Teatro Amazonas

    Feira Flutuante da Manaus Moderna será entregue na quarta

    Ambulantes limpam sujeira deixada por banhistas na Ponte Rio Negro

    Comentários