Fonte: OpenWeather

    Governo do Estado


    Após ataques do CV, visitas estão suspensas nos presídios do Amazonas

    Conforme a SSP-AM, a ordem dos ataques na cidade de Manaus partiram de dentro de um dos presídios da cidade

     

    Governo do Amazonas suspende visitas presenciais nos presídios do Estado após ataques de vandalismo
    Governo do Amazonas suspende visitas presenciais nos presídios do Estado após ataques de vandalismo | Foto: Seap

    Manaus - Os ataques de vandalismos na capital amazonense desencadearam a suspensão de diversas atividades nesta segunda-feira (7). O pânico instalado na população acontece desde a madrugada do último domingo (6), causado após a morte do traficante Erick Batista Costa, conhecido como "Dadinho", ocorrida no último sábado (5).

    Informações levantadas pelo departamento de inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) apontam que a ordem dos ataques na cidade de Manaus partiram de dentro de um dos presídios de Manaus. O responsável pela ordem seria um traficante chamado "Ton", irmão de "Dadinho", que possivelmente deve ser transferido para um presídio federal.

    Com isso, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) suspendeu por tempo indeterminado as visitas no sistema prisional do Amazonas.   

    Força Nacional

    Ainda na noite de domingo (6), o governador Wilson Lima formalizou o pedido de apoio ao Ministério da Justiça e Segurança Pública para o envio de tropa da Força Nacional de Segurança. A meta é reforçar o trabalho das forças de segurança estaduais no combate ao crime organizado no Amazonas.

    Conforme o secretário de segurança, Louismar Bonates, mais de 250 equipes das Polícias Civil e Militar foram colocadas nas ruas devido aos ataques criminosos. Com a chegada das tropas da Força Nacional, será possível fortalecer as ações no interior do estado. A data para a chegada da tropa e a quantidade de policiais a ser enviada ao Amazonas ainda não está confirmada.

    “A Secretaria Nacional de Segurança Pública está avaliando, junto com a sua equipe, quais são os policiais e quantos pode mandar para cá, considerando que eles também têm outras missões de outros estados da federação. Vai ser disponibilizado o maior número possível que esteja em condições de vir para cá”, disse Bonates.

    Notícias falsas

    Outro ponto tratado pelo secretário de Segurança Pública diz respeito ao compartilhamento de informações, notícias e vídeos falsos nas redes sociais. Louismar Bonates afirma que o impacto deste tipo de atitude é grande, criando um sentimento de pavor nas famílias. Ele orienta a população a não repassar informações sem a confirmação da veracidade delas.

    “Estão utilizando matérias antigas, muitas fake news, inclusive antigas, e replicando agora. Isso é muito prejudicial e leva um temor desnecessário para a população. O que eu peço ao cidadão de bem é que não replique, antes de querer ser o primeiro a passar a matéria, que verifique se aquela informação é verídica para que depois você possa passar aquela informação para outras pessoas”.

    Leia mais

    CV incendeia carro, casa é atingida pelas chamas e família é resgatada

    Vídeo: Integrantes do CV ateiam fogo em agência bancária no Japiim

    Comando Vermelho incendeia tratores e agências bancárias em Manaus

    Comentários