Fonte: OpenWeather

    Fiscalização


    Procon-AM apreende 50 Kg de produtos inadequados em supermercado

    Todos os produtos apreendidos foram descartados e o estabelecimento autuado em Manaus

     

    | Foto: (Divulgação)

    Manaus - Mais de 50 quilos de alimentos e produtos de limpeza foram apreendidos pelo Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM), durante fiscalização em um supermercado, no bairro Praça 14, zona sul de Manaus. A ação ocorreu nesta quinta-feira (10).

    No local, os fiscais do Procon-AM recolheram itens como bebidas em condições inadequadas de refrigeração, frango com embalagens violadas, e carne vermelha com data de validade expirada, além de produtos para lavagem de roupas sem informação sobre o vencimento.

     Todos os produtos apreendidos foram descartados e o estabelecimento autuado.

     

    Além da capital, a equipe do órgão segue com fiscalizações nos municípios do interior do Estado
    Além da capital, a equipe do órgão segue com fiscalizações nos municípios do interior do Estado | Foto: Divulgação

    Interior do Amazonas

    Além da capital, a equipe do órgão segue com fiscalizações nos municípios do interior do Estado. Nesta quinta-feira, quatro agências bancárias foram autuadas por descumprimento à Lei das Filas, sendo três em Tabatinga e uma em Benjamin Constant.

    “Estamos com equipes em atuação em várias frentes, mas as ações que precisam ser mais constantes são as nos supermercados e demais comércios, além de agências bancárias. O descumprimento à legislação do Código de Defesa do Consumidor (CDC) nesses locais é constante e, em caso da venda de produtos com validade expirada, afeta diretamente a saúde da população. O Procon-AM segue nas ruas. A determinação do governador é que ampliemos as ações e, por meio das fiscalizações, possamos garantir o cumprimento dos direitos dos consumidores”, afirma o diretor-presidente do órgão, Jalil Fraxe.

    Leia mais

    Produtos inadequados são apreendidos em supermercados de Manaus

    Suposto ganhador dos R$ 162 milhões da Mega da Virada aciona o Procon

    Postos de gasolina no AM são notificados por valor de combustíveis

    Comentários