Fonte: OpenWeather

    Polêmica


    Mesmo longe, Lázaro mexe com imaginário e gera medo em amazonenses

    Mesmo a quilômetros de distância, as buscas por Lázaro estão mexendo com o imaginário dos amazonenses, que criam várias teorias

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus - Há exatos 14 dias sendo caçado pela polícia de Goiás, Lázaro Barbosa permanece em fuga pela na zona rural do distrito de Cocalzinho. Com as forças de segurança sendo mobilizadas para prender o serial killer, o imaginário popular deu vazão aos medos e teorias de onde ele estaria e como estaria sobrevivendo. No Amazonas, onde a criatividade do povo é "na flor da pele", parcela da população teme pela chegada de Lázaro à região Norte.

     

    Karine do Vale teme pela vinda do serial killer.
    Karine do Vale teme pela vinda do serial killer. | Foto: Carlos Araújo

    A técnica de enfermagem Karine do Vale, 25, é uma das manauaras que teme a chegada do serial killer na capital amazonense. E acha que falta mais empenho das forças de segurança na prisão de Lázaro.

    “Precisamos treinar mais esses homens da polícia, pois com esse monte de policial atrás desse cidadão e, até agora, não acharam? Será difícil se ele chegar em Manaus! ”, disse.

     

    Adna Arruma diz que vai chamar sua 'galera' e descer o 'pau' em Lázaro, caso ele apareça pelo Amazonas.
    Adna Arruma diz que vai chamar sua 'galera' e descer o 'pau' em Lázaro, caso ele apareça pelo Amazonas. | Foto: Carlos Araújo

    Temendo a possibilidade da chegada de Lázaro, Adna Arruda, dona de casa de 63 anos, moradora do São Jorge, zona Oeste da capital, foi enfática ao dizer: “Se isso acontecer, Manaus está lascada! Deus me defenda!  A população vai ficar toda apavorada se esse homem chegar na nossa cidade. Se ele aparecer, vamos ‘meter o pau nele’. Chamo a minha galera e ‘desço a ripa nele’. A Polícia tem que ficar em cima e continuar colocando os cachorros atrás dele ”, disse.

    A situação preocupa até os moradores do interior. Dulce Coelho, de 47 anos, moradora do município de Iranduba, sabe que, mesmo distante, o caso mexe com o imaginário da população.

    “Todo mundo está falando nesse homem que, às vezes, achamos que ele pode estar em qualquer lugar, até perto de nossas casas, mesmo sabendo que a situação está a quilômetros de distância do Amazonas. Entretanto, vivemos em uma insegurança tão grande que esse tipo de notícia acaba mexendo com o nosso imaginário”, explica.

    Mesmo assim, Dulce ressalta que está atenta com a segurança da família. “Falo para os meus filhos para não deixarem o portão aberto, pois o Lázaro pode entrar e matar todo mundo (risos). Mas falo isso em um contexto genérico, me referindo que algum criminoso pode entrar e assaltar nossa casa e fazer algo pior com todos nós, pois eles sempre deixam o portão de casa aberto”, disse.

    Livro de ‘São Cipriano’? Será? 

     

    Estaria Lázaro Barbosa envolvido com forças ocultas? Veja o que acha o imaginário popular.
    Estaria Lázaro Barbosa envolvido com forças ocultas? Veja o que acha o imaginário popular. | Foto: Divulgação

    Durante as buscas por Lázaro Barbosa, o que não faltou foram teorias sobre o motivo do homem ainda não ter sido preso, mesmo sendo caçado por 270 policiais. De forças ocultas, sendo protegido pelas magias do “Livro de São Cipriano” e tendo o demônio no “couro”, a imaginação popular foi além nestas suposições. 

    Sobre o tema, Dulce prossegue: “Já ouvi muitas histórias sobre esse livro. Fatos que descrevem exatamente o que está acontecendo, como, por exemplo, ninguém conseguir o encontrar. Então, acredito que ele esteja usando isso a seu favor’, disse.

     

    Karine Lima acredita que ele mexe com a coisa.
    Karine Lima acredita que ele mexe com a coisa. | Foto: Carlos Araújo

    “Ele usa esse negócio desse livro, sim! Como pode alguém ter mais de 200 policiais na cola e não ser capturado. Até a mãe dele já disse por aí que ele pode estar possuído pelo demônio. Esse cara não é de Deus não", acredita também a autônoma Karine Lima, 30 anos.  

     

    Daniele Coelho, autônoma, diz que tem mais medo do Lázaro que do Comando Vermelho.
    Daniele Coelho, autônoma, diz que tem mais medo do Lázaro que do Comando Vermelho. | Foto: Carlos Araújo

    Daniele Coelho, 42, é outra manauara que acha que ele mexe com forças obscuras. “Ele usa, sim, o ‘Livro de São Cipriano’. Esse homem tem pacto com o diabo. Ele me mete mais medo que o tal de ‘Comando Vermelho”. Fui fazer, hoje, uma faxina na casa da minha vizinha me tremendo toda", falou.

    Especialista explica o medo

     

    Daniele Vasconcelos, psicóloga, acredita que o excesso de informações a respeito da 'asas' ao imaginário popular.
    Daniele Vasconcelos, psicóloga, acredita que o excesso de informações a respeito da 'asas' ao imaginário popular. | Foto: Divulgação

    Na avaliação da psicóloga Daniele Vasconcelos, 24 anos, a possibilidade de haver pessoas como o serial killer no Amazonas já é algo que dá asas à imaginação popular.

    “A identificação com algo que já existe traz o medo, a possibilidade de haver alguém aqui tão perigoso quanto esse Lázaro, acaba sendo uma porta de entrada para esses pensamentos persecutórios e, talvez, fantasiosos", explica.

    Uma forma, segundo a especialista, de controlar o medo em uma situação como esta é diminuir a ‘dose’ de notícias a respeito do assunto.

    “Cortar o excesso de informações pode dar bem certo, precisamos estar informados, mas não ser consumidos pelas informações”, disse.

    Sacrifícios?

     

    Rãs desossadas foram encontradas em áreas onde Lázaro, possivelmente, esteve. Alimentação ou ritual?
    Rãs desossadas foram encontradas em áreas onde Lázaro, possivelmente, esteve. Alimentação ou ritual? | Foto: Divulgação

    Com fontes de alimentos cada vez mais precárias, o criminoso passou a usar suas habilidades de sobrevivência e recorreu a animais como sapos para se alimentar.

    Equipes que fazem incursões nas matas encontraram os animais desossados onde, supostamente, ele teria se alimentado. Existem teorias de que ele, na verdade, está usando o sangue dos animais em rituais de magia negra, para conseguir êxito na fuga da polícia.

    Há alguns dias, o pai de Lázaro, Edenaldo Barbosa Magalhães, 57, chegou a declarar que estava estarrecido com as ações do filho e torce por sua prisão, afirmando que “o demônio se apoderou dele”.

    Eva Maria de Souza, mãe do assassino em série, fez um apelo em redes de televisão para que o filho se entregasse à polícia. Ela também acredita que Lázaro esteja sendo perturbado por demônios.

     

    Mãe de Lázaro chegou a afirmar que o filho estava sendo atormentado por demônios. O que você acha?
    Mãe de Lázaro chegou a afirmar que o filho estava sendo atormentado por demônios. O que você acha? | Foto: Divulgação

    Memes

    Em torno do caso, muita gente apareceu e criou até memes sobre a caçada ao serial killer.

     

    Na internet, diversos artes foram criadas explorando o tema.
    Na internet, diversos artes foram criadas explorando o tema. | Foto: Divulgação

    A deputada federal Magda Mofatto (PL-GO) chegou a criticar o Governador de Goías, Ronaldo Caiado, na gestão das polícias do Estado, que trabalham para capturar o assassino. Ela entrou em um helicóptero ‘armada’ e afirmou que, ela mesma, pegaria Lázaro.

    Acompanhe: 

    | Autor:
     

    Dias de busca

    Após duas semanas,  força-tarefa afirma que vem avançando nas buscas pelo suspeito e, com isso, a Segurança Pública de Goiás alega que o cerco está cada vez mais fechado contra Lázaro Barbosa, que matou quatro pessoas da mesma família em Colcalzinho, trocou tiros com pessoas do local e fez outras reféns. Ela já tinha no currículo vários crimes como homicídios e estupros.

    Leia mais: 

    Deputada entra armada em helicóptero para "pegar Lázaro Barbosa"

    Lázaro comeu rã e outros animais enquanto fugia; diz polícia

    Buscas por Lázaro Barbosa seguem pelo 14º dia

    Comentários