Fonte: OpenWeather

    Cratera na BR-319


    Vídeo: cratera abre em asfalto da BR-319 e causa transtorno no AM

    A enorme cratera dificultou a vida dos motoristas que trafegam pela BR-319

     

    A cratera atrapalha o tráfego da rodovia, que é uma das mais polêmicas por conta da falta de pavimentação
    A cratera atrapalha o tráfego da rodovia, que é uma das mais polêmicas por conta da falta de pavimentação | Foto: Divulgação

    Manaus (AM)- Uma enorme cratera se abriu na BR-319, na manhã desta segunda-feira (23). O buraco causou preocupação nos motoristas que transitam pela via e impressionou pelo tamanho e profundidade. A rodovia liga Manaus a cidade de Porto Velho, em Rondônia. 

      De acordo com informações, um bueiro teria rompido, causando a cratera. Pelo vídeo divulgado, o buraco quase chega aos dois sentidos da rodovia e despertou medo em quem transitava pela região.  

    A cratera atrapalha o tráfego da rodovia, que é uma das mais polêmicas por conta da falta de pavimentação. Existem diversos grupos são contra e outros que são a favor, e agora, a abertura do buraco é mais um capítulo da história da rodovia. 

    Veja o vídeo: 

    Capa do Vídeo
    | Autor: Reprodução
     


    Deputado propõe audiência para continuar pavimentação

    O deputado estadual Ângelus Figueira (DC) vai propor a realização de uma sessão itinerante da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) no Careiro Castanho, com a presença de representantes do Ministério Público Federal (MPF-AM), para tentar destravar, de uma vez por todas, o imbroglio jurídico-político que impede a conclusão da BR-319.

    Conforme Ângelus, a audiência pública do Careiro Castanho “terá que ser o capítulo final” de uma novela complexa que impede o Governo Federal de tocar em frente as obras de conclusão da rodovia que liga os estados do Amazonas e de Rondônia aos mercados do Sul do país.

    O imbróglio maior envolve o licenciamento ambiental para as obras que faltam e que é travado no Ibama pelo MPF, que exige sempre mais estudos sobre os impactos ambientais na área da BR.

    Leia mais: 

    Sem apoio pela LDO, BR-319 carece de recursos

    AM e RO tiveram 1,7 milhões de hectares devastados pela BR-319

    Construção do Anel Viário Leste avança no Amazonas

    Comentários