Fonte: OpenWeather

    Carnaval 2019


    Com o tema 'Sorte', Vila da Barra quer ser campeã do Carnaval 2019

    Escola traz a "Sorte" no enredo. Ela foi a última apresentar o tema e, apesar de todas as dificuldades, quer transformar o título vice, em 2018, em campeã do Carnaval neste ano

    Vila da Barra vem com tudo para conquistar o título de campeã do Carnaval
    Vila da Barra vem com tudo para conquistar o título de campeã do Carnaval | Foto: Marcely Gomes


    Manaus - Apesar de no ano passado o Grêmio Recreativo Escola de Samba (G.R.E.S) Vila da Barra "bater na trave", ao conquistar o segundo lugar no Carnaval de Manaus, a escola do bairro Compensa ganhou fôlego na disputa e vem com tudo para disputar o título de campeã na competição em 2019.

    Os foliões que fazem a escola arrepiar na Avenida do Samba afirmam que todos os integrantes estão mais unidos em busca do título. O Em Tempo visitou um dos ensaios preparativos na quadra da Vila da Barra, localizada na avenida Brasil, e conversou com grandes personagens nos bastidores.  

    A escola foi a última a apresentar o enredo, que aborda a "Sorte". De acordo com o presidente da agremiação, Apollo Ferreira, os foliões vão encontrar no desfile: trevos de quatro folhas, pés de coelho e outros amuletos.

    "A gente vai mostrar para as pessoas que a vida também não é só de azar. A sorte faz parte. Um trabalho simples, com pé no chão, é o que a gente tem a oferecer para o povo”, disse Apollo Ferreira, à frente da agremiação pelo sétimo ano. 

    Mais de 2,5 mil integrantes vão descer a Avenida do Samba pela agremiação
    Mais de 2,5 mil integrantes vão descer a Avenida do Samba pela agremiação | Foto: Marcely Gomes


    Apesar da dificuldade financeira, a ideia é levar este ano a mesma quantidade de brincantes do ano passado, que pode variar entre 2,5 mil a 3 mil pessoas. A bateria já iniciou os ensaios e deve sair com 300 ritmistas. Houve bastante procura por ritmistas para integrar a bateria da Vila da Barra, mas por conta do limite, muitos ficaram de fora. 

    “Nós não temos nada pronto, mas com certeza o público pode esperar muita alegria na avenida. Hoje a Vila da Barra, querendo ou não, tem um respeito e queremos surpreender o público mais uma vez”, completou Apollo. 

    Diogo Alves é passista de ouro da "Onça Pintada"
    Diogo Alves é passista de ouro da "Onça Pintada" | Foto: Marcely Gomes


    Baianas

    Este ano, com apenas 60 integrantes, a ala das baianas promete conquistar a avenida. A equipe de confecção promete finalizar as fantasias ainda na última semana de janeiro, principalmente por serem peças fáceis de construir.  

    “A roupa das baianas é uma surpresa que vamos apresentar na avenida. Nós vamos fazer três filas de 20 e crescer na avenida. Esse ano vamos priorizar a qualidade e não a quantidade.”, explica Denise Costa, presidente da ala das baianas. 

    Escola de samba vai trazer o tema "Sorte" no enredo
    Escola de samba vai trazer o tema "Sorte" no enredo | Foto: MARCELY GOMES


    Neste Carnaval de 2019, a Vila da Barra sai na avenida por volta de meia noite, período considerado "horário nobre" para os sambistas. Em 2018, mesmo desfilando às 5h, a "Onça Pintada" da Compensa conseguiu ficar bem colocada, deixando para trás escolas de samba tradicionais do Carnaval de Manaus.

    Mestre sala

    Um dos destaques da Vila da Barra, o primeiro mestre-sala Ulysses Aquino, de 47 anos, desfila no Carnaval amazonense desde os 15 anos. Ele diz que vem com todo gás para a folia deste ano. No seu terceiro ano na Vila, ele - que é professor de Educação Física - explica que ser mestre-sala une duas grandes paixões, a dança e o Carnaval.  

    “Tudo que se expressa em termo de movimentação de bailado é comigo e tudo que sou hoje devo ao James Paixão”, comentou.

    Ulysses forma par com a Deyserreen Costa. Um dos objetivos dos integrantes é mostrar para os jurados que a "Onça Pintada" veio para ficar no Grupo Especial. 

    Rainha

    Karine Cristiny é a rainha da escola
    Karine Cristiny é a rainha da escola | Foto: Marcely Gomes


    A Vila também é a caçula de todas as agremiações e completa 24 anos no próximo dia 21 de maio. A data é o motivo pelo qual, de acordo com a rainha Karen Critiny, gera ainda mais expectativa para um bom desempenho na avenida.

    “Para ganhar o Carnaval nós temos que fazer uma apresentação impecável”, comenta. 

    Há doze anos a escola trabalha e busca alcançar o patamar das maiores agremiações da cidade. A conquista é comemorada com humildade porque tanto os brincantes, quanto os organizadores da "Gigante da Zona Oeste" sabem da concorrência pesada com as demais escolas.

    A diretora de harmonia Joelma Falcão acredita no título este ano. “Esse título era pra ter vindo no ano passado, mas chegamos perto. Com certeza, a Vila estará preparadíssima agora e vamos ser campeões”, completou.  

    Pauta e edução: Bruna Souza

    Leia mais:

    Você conhece a historia do carnaval de Manaus

    Saiba como evitar assaltos e roubos em Manaus durante o carnaval

    Confira os enredos das escolas de samba de Manaus no carnaval 2019

    Comentários