Fonte: OpenWeather

    Carros


    Após 24 anos, Portugal recebem etapa de Fórmula 1

    O último Grande Prêmio de Portugal de Fórmula 1 foi disputado no Autódromo do Estoril em 22 de setembro de 1996

    Autódromo Internacional do Algarve
    Autódromo Internacional do Algarve | Foto: Reprodução

    Após algumas semanas de longas conversas, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo), anunciou recentemente que Portugal receberá um Grande Prêmio de Fórmula 1 ainda este ano. A prova lusitana será disputada no dia 25 de outubro, no Autódromo Internacional do Algarve — localizado na cidade de Portimão, região sul de Portugal.

    Esse anúncio marca a volta de Portugal à Fórmula 1 após 24 anos. O último Grande Prêmio de Portugal de Fórmula 1 foi disputado no Autódromo do Estoril em 22 de setembro de 1996. Naquela ocasião, o vencedor Jacques Villeneuve e o segundo colocado Damon Hill fizeram uma dobradinha pela Williams-Renault.

    Depois de ter trabalhado muito para Portugal voltar para o calendário da Fórmula 1, o presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), Ni Amorim, comemorou o anúncio da prova no Algarve como um momento histórico para o automobilismo do país.

    “São notícias muito esperadas, porque desde março trabalhamos para tornar isso possível, intervindo com a FIA e o governo”, disse o presidente da FPAK, em entrevista coletiva para a imprensa local.

    Por que o Autódromo Internacional do Algarve foi escolhido?

    Lugar de clima mediterrâneo somado às belas praias, a região do Algarve tem grande apelo turístico e também é conhecida pelas ofertas de jogos de cassino, nos quais estão presentes em três grandes cassinos na região: Casino Vilamoura, Casino Monte Gordo e Hotel Algarve Casino.

    Justamente por ser uma zona turística, desde o início da década de 2000 ventilava-se a ideia de construir um autódromo no Algarve. Até que em 2008 a empresa Parkalgar Serviços apresentou um projeto para construir um complexo automobilístico em Portimão, que foi rapidamente aceito pelo governo local.

    Orçado em €195 milhões, o projeto foi concluído em apenas sete meses e teve as obras concluídas em 2009. O primeiro evento do circuito localizado em Portimão foi uma etapa do Mundial de Superbike.

    Complexo moderno que envolve resort, kartódromo e pista off-road, não é exagero algum apontar o Autódromo Internacional do Algarve como uma das melhores pistas da atualidade. Além disso, ele tem as instalações requeridas e atende todas condições para receber a uma etapa de Fórmula 1.

    Vale destacar que a pista já recebeu grandes eventos do automobilismo internacional nesses 11 anos de história, como WTCC (Campeonato Mundial de Carros de Turismo), Le Mans Series, FIA GT, World Series e GP2 (categoria de acesso à Fórmula 1).

    Reta dos boxes do Autódromo Internacional do Algarve
    Reta dos boxes do Autódromo Internacional do Algarve | Foto: Reprodução

    Devido ao traçado da pista que foge do padrão comum, o circuito do Algarve é referido por muitos pilotos e profissionais como uma montanha russa. Construído em cima de uma colina e com 4.699 metros de extensão, ele contém raros trechos planos, com subidas e descidas em grande parte do traçado.

    Nurburgring e Ímola voltam à Fórmula 1

    Além de Portimão, recentemente a FIA confirmou mais dois Grande Prêmios para o restante da temporada de 2020: Nurburgring, na Alemanha, e Ímola, na Itália.

    Com data marcada para ocorrer no dia primeiro de novembro, a corrida em Ímola terá a nomenclatura de Grande Prêmio Emilia Romagna e será a primeira vez que a Fórmula 1 estará no local desde 2006. Portanto, essa será a terceira corrida na Itália este ano, pois também já estão confirmados o Grande Prêmio de Monza e o Grande Prêmio da Toscana Ferrari 1000 em Mugello — ambos serão disputados em setembro.

    Outra novidade no segundo semestre do campeonato mundial da categoria, o Grande Prêmio de Eifel (Nurburgring) está previsto para ser realizado em 11 de outubro. É importante mencionar que Nurburgring, considerado um dos templos do automobilismo mundial, estava fora do calendário da categoria desde 2013 — por conta de problemas financeiros e mudanças de direção.

    Por fim, apesar da volta desses circuitos tradicionais para calendário da Fórmula 1 em 2020, ímola e Nurburgring, a FIA ainda não se manifestou oficialmente quanto às possibilidades dessas sedes estarem presentes na próxima temporada da categoria.

    Leia mais:

    Crédito está mais barato para financiamento de carro

    Proposta prevê uso de vale transporte para pagar corrida em aplicativo

    Venda de carros usados cresce 73% em julho

    Comentários