Fonte: OpenWeather

    CINEMA EM CASA


    Em Manaus, 'viciados' em Netflix contam paixão pelo streaming

    Serviço contabilizou mais de 75 milhões de usuários em todo o mundo em 2016 e é considerado "queridinho" daqueles que gostam de assistir um filme ou uma série em casa

    Netflix hoje congrega várias séries aclamadas, como "Sex Education", "Stranger Things", "The Flash" e "Justiceiro" | Foto: Ione Moreno/EM TEMPO

    Manaus - Com o advento da tecnologia, até a forma de se divertir com os amigos ficou diferente. Antigamente, vários se reuniam no sábado à noite para ir ao cinema assistir o lançamento mundial, mas hoje, em pleno 2019, a pedida no sábado à noite é o encontro na casa dos amigos para fazer o próprio cinema. E, claro, o protagonista é o serviço de streaming considerado o queridinho da galera: a Netflix.

    O negócio, que começou em 1997 nos Estados Unidos como um serviço de entrega de DVDs pelos correios, cresceu tanto que hoje ninguém mais vive sem a Netflix. Tanto é que alguns chegam a considerar a Netflix como "o amor verdadeiro que não decepciona". Também pudera: só em 2016, o serviço contabilizou mais de 75 milhões de usuários ativos em todo o mundo, passando a estar disponível em vários países do mundo, com exceção da China, da Coreia do Norte e da Síria.

    "Em um relacionamento sério com a Netflix"

    Desirée Souza é designer, e considera a Netflix como "o amor verdadeiro mas sincero"
    Desirée Souza é designer, e considera a Netflix como "o amor verdadeiro mas sincero" | Foto: Arquivo pessoal/Desirée Souza

    A designer Desirée Souza, de 25 anos, é uma dessas pessoas. Ela conta que começou a acompanhar o serviço de streaming a partir de 2017, depois de ter uma experiência um pouco desagradável em São Paulo. "Eu fui para uma conferência, e uma das palestras era com o criador dos robôs de Stranger Things. Quase fui linchada na fila da palestra porque não sabia quem era ele e muito menos tinha assistido a série. Dois meses depois, comecei a assinar Netflix, e, desde então, vivo num relacionamento sério com o serviço", conta ela aos risos.

    As séries preferidas da designer são as que envolvem suspenses e casos policiais, como assassinatos e outros crimes à espera de uma solução. "Agora, por exemplo, eu tô assistindo Ponto Cego, que é a história de uma mulher com várias tatuagens que levam a vários crimes, e o FBI tenta resolver esses crimes. Mas as minhas preferidas também foram The Sinner e Safe, além de Marcella e Paranoid", afirma.

    No meio do universo de tantas séries e filmes bons para assistir, Desirée garante que não consegue se perder na hora de assistir tantas séries. Ela se considera "certinha" na hora de "maratonar" uma série. "Se eu começar, vou até o fim e termino a temporada ou a série inteira. Aí eu não me perco, até porque tem uma lista salva no próprio sistema da Netflix, então quando vou acabando, vou desmarcando", ressalta.

    Vício pesado

    O designer Ederson Moreno, de 28 anos, é outro que se considera um viciado em Netflix. Mas, segundo ele, o vício começa bem antes dele conhecer o serviço de streaming. "Eu sempre fui um cara viciado em séries. Quando eu comecei a trabalhar, gostava de comprar DVDs de séries e acompanhava direto. Quando chegou a Netflix, foi a deixa que eu queria para ficar mais viciado ainda", relembra.

    Ederson Moreno diz que alterna entre o trabalho e a Netflix no dia a dia
    Ederson Moreno diz que alterna entre o trabalho e a Netflix no dia a dia | Foto: Ione Moreno/EM TEMPO

    Usuário do serviço desde 2015, Ederson conta que, por conta do seu trabalho, que é praticamente em home office, utiliza a Netflix praticamente o dia todo. "Eu fico trabalhando e assistindo séries, alternando entre uma janela e outra. Quando tô em casa, deitado, pego meu telefone e vou assistir alguma série. É sempre assim", afirma.

    Entre as séries preferidas de Ederson, estão as de suspense e aventura, como Supernatural. Mas uma comédia básica, como Two And a Half Men, também entra na sua lista. E o ritual dele para assistir uma série é até, digamos... estranho. 

    "Gosto também de O Demolidor, Justiceiro, The Flash, e outras séries. Às vezes eu evito um pouco de assistir, mas quando assisto, levo uma semana pra finalizar tudo e todas as temporadas. Vejo, por exemplo, cinco horas de série direto. Descanso, almoço, durmo um pouco, e volto pra assistir. E não me perco", completa.

    Leia mais

    Cansado da mesmice? Conheça locais alternativos para curtir em Manaus

    Anima ganha maratona inédita na telona

    Marvel deixa fã em estado terminal assistir filme antes da estreia

    Comentários