Fonte: OpenWeather

    Boas Práticas


    Iniciativa 'Prosamim' será compartilhada em Encontro de Engenharia

    A 7ª edição do encontro terá como tema: “Cidades Inteligentes e Sustentáveis Discutindo o Futuro”

    O encontro visa debater as metrópoles inteligentes no sentido de se obter melhoria na qualidade de vida, com destaque para os serviços públicos e a sustentabilidade. | Foto: Divulgação

    O encontro visa debater as metrópoles inteligentes no sentido de se obter melhoria na qualidade de vida, com destaque para os serviços públicos e a sustentabilidade.
    O encontro visa debater as metrópoles inteligentes no sentido de se obter melhoria na qualidade de vida, com destaque para os serviços públicos e a sustentabilidade. | Foto: Divulgação

    Manaus - A experiência e as práticas positivas aprendidas na execução das intervenções do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) serão debatidas e expostas no VII Encontro Regional de Engenharia (EncoEng 2019), que acontece desta quarta (6) até a sexta-feira (08), na Faculdade Fucapi, localizada na avenida Gov. Danilo de Matos Areosa, 381, Distrito Industrial.

    A VII edição do EncoEng 2019 terá como tema “Cidades Inteligentes e Sustentáveis Discutindo o Futuro”, que visa debater as metrópoles inteligentes no sentido de se obter melhoria na qualidade de vida, com destaque para os serviços públicos e a sustentabilidade, buscando políticas e medidas de aperfeiçoamento do planejamento urbano, bem como investimentos que apresentaram resultados positivos e soluções tecnológicas que possam ser inseridos em nossas metrópoles.

    O Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus, popularmente conhecido como Prosamim, foi criado em 2003 pelo Governo do Estado, visando melhorar a qualidade de vida das populações que residiam ou ainda residem nas margens dos igarapés da cidade. Os trabalhos envolvem investimentos em obras de infraestrutura, saneamento e habitação.

    Os resultados do programa foram tão positivos que o Governo do Estado, por meio da UGPE, resolveu levar o programa a outros municípios, nascendo a partir desse momento o ProsaiMaués, que é um programa de saneamento integrado e que tem o objetivo de contribuir para solucionar problemas de saneamento básico, urbanísticos e socioambientais que afetavam a qualidade de vida da população de Maués.

    Entre as metas a serem atingidas pelo programa estão a redução das famílias que viviam sob o risco de inundações, melhorias no serviço de esgotamento e de abastecimento de agua potável para a população urbana e suas comunidades indígenas, assim como fomentar o turismo, por meio de obras de infraestrutura.

    O coordenador executivo da UGPE, Marcellus Campêlo, afirma que é uma honra para o Prosamim e para o ProsaiMaués terem suas práticas expostas para estudantes de engenharia.  “É muito importante levar essas boas práticas na academia, pois os alunos estão estudando sobre métodos e práticas que deram certo. E o Prosamim, assim como o ProsaiMaués, são programas de referência no que tange a saneamento básico, aspectos sociais e de requalificação de áreas degradadas”, afirmou.

    *Com informações da assessoria.

    Comentários