Fonte: OpenWeather

    QUEIMADAS


    SSP monitora queimadas ilegais na Região Metropolitana de Manaus

    Durante os voos foram percorridas áreas dos municípios de Iranduba, Manacapuru, Novo Airão e Manaus

    Técnicos da Sema e do Ipaam chegaram a locais distantes e com maiores registros de focos de incêndios | Foto: Divulgação

    Manaus - Duas aeronaves do Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) deram apoio às ações de prevenção e combate às queimadas na Região Metropolitana de Manaus, neste final de semana, no âmbito da Operação Cielo.

    Entre a sexta-feira (19) e este domingo (21), as aeronaves Águia 2 e Águia 3 foram empregadas no transporte das equipes de fiscalização da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), deslocadas para os locais de maior concentração de focos de incêndios, muitos deles de difícil acesso.

    Com o emprego dos Helicópteros modelos AS 350 B3+ (Águia 2) e Schweizer S300 (Águia 3), pertencentes à frota da SSP-AM, foi possível aos técnicos da Sema e do Ipaam chegarem aos locais mais distantes e com maiores registros de focos de incêndios. No local, foi feito o monitoramento e avaliação da situação das queimadas na Região Metropolitana de Manaus.

    Durante os voos foram percorridas áreas dos municípios de Iranduba, Manacapuru, Novo Airão e Manaus. A SSP-AM tem participado de todos os esforços para ações de monitoramento, fiscalização e controle das queimadas ilegais com o apoio aéreo do Dioa.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Defensoria Pública realiza nova etapa de concurso no Amazonas

    MEC destina R$ 2,5 milhões para Casa do Estudante da Ufam

    Indústria de invasões em Manaus aumenta em período eleitoral

    Comentários