Fonte: OpenWeather

    Sustentabilidade


    Arborização: Pedágio Ambiental entrega quase 1,5 mil mudas em Manaus

    O pedágio será montado na entrada do Parque do Idoso, na rua Rio Mar

    700 mudas foram doadas pela Eletrobras Amazonas Energia
    700 mudas foram doadas pela Eletrobras Amazonas Energia | Foto: Mário Oliveira/Semcom

    Manaus - O Pedágio Ambiental, projeto da Prefeitura de Manaus, que realiza a distribuição de mudas em diferentes pontos da cidade, começa a ganhar parceiros e nesta quarta-feira (5), a partir das 9h, fará uma entrega especial de mais de 1 mil mudas no Parque Municipal do Idoso, no bairro Nossa Senhora das Graças.

    O projeto, que semanalmente faz a distribuição de 600 mudas de espécies frutíferas, ornamentais e medicinais, entregará nesta edição – a 15ª deste ano – um total de 1,4 mil mudas, das quais 700 foram doadas pela Eletrobras Amazonas Energia.

    “Essa parceria solicitada pela Eletrobras Amazonas Energia demonstra que a iniciativa do prefeito Arthur Virgílio Neto de criar o Pedágio Ambiental como uma alternativa para a ampliação do alcance da distribuição de mudas para toda a cidade está no caminho certo, e o apelo ambiental em favor da arborização pode ser uma bandeira de todos, poder público e iniciativa privada”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior. O Pedágio será montado na entrada do Parque do Idoso, na rua Rio Mar.

    Esta é a 15ª edição do evento
    Esta é a 15ª edição do evento | Foto: Mário Oliveira/Semcom

    As mudas doadas pela Eletrobras são produzidas no Centro de Preservação Ambiental de Balbina, oriundas de um projeto de reflorestamento desenvolvido como condicionante da licença de operação da hidrelétrica.

    “As mudas produzidas são fruto do trabalho ambiental desenvolvido pela Amazonas Geração e Transmissão de Energia e nós achamos por bem desenvolver em parceria com a Prefeitura de Manaus essa ação socioambiental”, explicou a gerente da Assessoria de Meio Ambiente da concessionária, Gisele Lopes Calderaro. As mudas produzidas pela empresa se destinam às ações de reflorestamento e recuperação de áreas degradadas no entorno do lago.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    ECOFestival sensibiliza sociedade para vida sustentável

    Falta de incentivo prejudica produtores do Amazonas

    Projetos ecológicos são apresentados em seminário especial no TCE-AM


    Comentários