Fonte: OpenWeather

    Poluição


    Vídeo: fiscalização confirma descarte irregular de lixo em Manaus

    Os órgãos prometem apertar o cerco contra as grandes indústrias do Distrito responsáveis pela geração dos resíduos.

    Órgão de fiscalização comprovou o descarte irregular da empresa Masseg | Foto: Reprodução/TV Em Tempo

    Manaus - A reportagem mostrando o desrespeito ao meio ambiente feita pelo Jornal Em Tempo na última terça-feira (19) repercutiu no Ministério Público Federal, IPAAM e Câmara Municipal. Os órgãos prometem apertar o cerco contra as grandes indústrias do Distrito responsáveis pela geração dos resíduos.

    A denúncia de lixo descartado sem qualquer tratamento no meio ambiente chocou autoridades públicas. As investigações serão abertas para responsabilizar as empresas geradoras, que recebem incentivos fiscais do governo federal e devem cumprir a lei que estabelece a política nacional de resíduos sólidos.

    | Foto: Reprodução TV EM TEMPO

    O presidente da Comissão de defesa do meio ambiente da Câmara Federal, o vereador Professor Fransuá, analisou as imagens do descarte irregular feito por empresas terceirizadas e disse que vai  convocar uma reunião de emergência para fazer uma fiscalização nas empresas envolvidas na denúncia de crime ambiental.

    Na manhã da última quarta-feira (20), o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM) fiscalizou a empresa Masseg, uma das denunciadas na reportagem da TV Em Tempo, onde as irregularidades foram comprovadas.

    A empresa Manaus Limpa cancelou a entrevista marcada com a equipe da TV Em Tempo após a veiculação da denúncia. Em seu site é apresentado um portfolio de clientes que incluem Honda, Kodak, Konika, Brastemp, Salcomp, entre outras, todas gigantes do polo industrial de Manaus e grandes geradoras de resíduos.

    Veja a reportagem completa da TV Em Tempo:

    Veja a reportagem | Autor: Juliano Couto/TV Em Tempo

    Leia mais:

    Vídeo: empresas de recolhimento de lixo fazem descarte irregular no AM

    Seis espécies de peixes estão ameaçadas de extinção no AM, diz Ipaam

    Falta saneamento básico para 2 bilhões de pessoas no mundo, diz ONU

    Assista mais vídeos da TV Em Tempo

    Comentários