Fonte: OpenWeather

    Poluição


    Vídeo: Suframa intensifica fiscalização de descarte de lixo no PIM

    Para combater os crimes ambientais, prefeitura de Manaus quer dar poder de polícia à Secretaria Municipal de Limpeza Pública

    Veja reportagem | Autor: Juliano Couto/TV Em Tempo

    Manaus - Em um curto espaço de tempo, as empresas no Amazonas devem produzir materiais cada vez menos poluentes e que possam ser reaproveitáveis. A proposta foi apresentada na sede da Suframa, em Manaus, pelo Ministério Público Federal (MPF), depois de várias denúncias de lixeiras e aterros clandestinos na capital.

    O MPF disse que está acompanhando a situação de vários aterros clandestinos que surgiram em Manaus nos últimos anos. As empresas geradoras de resíduos podem ser responsabilizadas pela destinação inadequada de seus materiais. A situação dos aterros poluidores também é acompanhada pelo Ministério Público de Contas do estado.

    As investigações no Ministério Público Estadual (MPE) também estão em andamento. O MPE quer integrar órgãos fiscalizadores e ter mais apoio da justiça. Pelo menos 50 empresas já devem receber o acompanhamento na destinação final dos resíduos gerados.

    Prefeitura

    O superintendente da Suframa disse que não vai admitir que empresas no Pólo Industrial de Manaus, tenham os nomes vinculados à poluição do meio ambiente. A prefeitura de Manaus entrou na briga e quer dar mais poder à Secretaria de Limpeza Pública.

    O próprio secretário disse que dessa forma será melhor de fiscalizar de forma eficiente. Os infratores podem ser autuados e até presos. 

    As denúncias mostradas com exclusividades pela TV Em Tempo,  de empresas coletoras que depositam resíduos perigosos,  como lixo hospitalar,  em aterros clandestinos, tem repercutido nos órgãos ambientais e também no poder legislativo.

    Na Câmara Municipal, vereadores acompanham o caso e na Assembleia Legislativa, a Comissão de Meio Ambiente já começou a ouvir líderes comunitários, que tiveram suas comunidades afetadas pela poluição causada por essas empresas. O poder público agora fecha o certo diante desses crimes ambientais.

    Veja a reportagem completa da TV Em Tempo:

    Veja reportagem | Autor: Juliano Couto/TV Em Tempo

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Indústria do AM registra quarto pior resultado do país

    Omar Aziz destaca pontos que devem sair da reforma da Previdência

    Assista mais vídeos da TV Em Tempo

    Comentários