Fonte: OpenWeather

    Meio Ambiente


    Parque Sumaúma inicia primeira etapa de formação de Agentes Ambientais

    Durante o encontro, eles participaram de dinâmicas em grupo e conheceram as estruturas do parque

    Qualquer pessoa pode ser um agente ambiental voluntário, desde que seja maior de 18 anos e passe por todas as fases do programa | Foto: Divulgação/SEMA

    Manaus - O Parque Estadual Sumaúma iniciou, neste sábado (29), a primeira etapa de formação de Agentes Ambientais Voluntários (AAV) da área urbana de Manaus. O Parque Sumaúma, localizado na Cidade Nova, zona norte da capital, é uma das 42 Unidades de Conservação (UC) gerenciadas pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema).

    Neste primeiro momento, os candidatos que procuraram diretamente a gestão do Parque Sumaúma ou entraram em contato com a Sema, por meio dos canais de comunicação, passaram pela etapa de sensibilização. Durante o encontro, eles participaram de dinâmicas em grupo e conheceram as estruturas do parque, trilhas e a forma de trabalho desenvolvida dentro das perspectivas e necessidades da UC.

    Segundo o coordenador do Programa AAV, Abraham Benayon, qualquer pessoa pode ser um agente ambiental voluntário, desde que seja maior de 18 anos, passe por todas as fases do programa e goste de trabalhar em defesa do meio ambiente.

    Inscrição

    A formação do Programa AAV no Parque Sumaúma será contínua ao longo do ano de 2020, com a expectativa de promover três credenciamentos com as pessoas que participaram das capacitações. Os interessados em participar das próximas formações podem se dirigir pessoalmente ao Parque Sumaúma ou entrar em contato com a Sema nas redes sociais: @semaamazonas (Instagram) ou na página da Sema Amazonas no Facebook.

    A expectativa é de promover três credenciamentos com as pessoas que participaram
    A expectativa é de promover três credenciamentos com as pessoas que participaram | Foto: Divulgação/SEMA

    O que é ser um AAV?

    O principal objetivo do Programa AAV é tornar o cidadão um educador ambiental, despertando o interesse nos moradores da área urbana de Manaus sobre a importância da conservação das áreas verdes na cidade - onde possam desenvolver trabalhos socioambientais de forma voluntária.

    O programa foi criado em 2008 pelo Governo do Estado do Amazonas com  a finalidade de envolver toda a população, com perfil adequado, para prestar auxílio às atividades de proteção e conservação dos recursos naturais nas UC e outras áreas do estado. Ao longo de 12 anos, mais de 2 mil pessoas foram formadas no Amazonas pelo Programa AAV. A capacitação e credenciamento de agentes ambientais bateu o recorde anual em 2019, com a formação de 634 voluntários.

    A entrada no Parque é gratuita e tem acesso pela avenida Bacuri, s/nº, Cidade Nova. A UC recebe visitantes de terça a domingo, das 8h às 17h.

    *Com informações da assessoria

    Comentários