Fonte: OpenWeather

    Inovação


    Apesar do custo, energia solar pode trazer economia na conta

    Economia durante os anos acaba pagando o investimento. Energia solar fotovoltaica é gerada por meio da conversão direta da luz do sol em eletricidade

    Empresário mostra redução no valor da conta de luz, após instalar energia solar | Foto: Marcio Melo

    Manaus - O uso de placas solares para gerar energia limpa em residências já é uma realidade para alguns manauaras. A energia solar fotovoltaica, que é gerada por meio da conversão direta da luz do sol em eletricidade, pode gerar uma economia anual de até R$ 20 mil. 

    O empresário Alfredo Araújo fez a troca há dez anos e não se arrepende. Ele conta que, na época em que procurou novas alternativas para o fornecimento da energia, Manaus sofria com constantes apagões.

    “Eu precisava de uma fonte alternativa de energia. A cidade sofria de uma deficiência grave no fornecimento. Eu tinha uma pequena empresa, que acabava sendo prejudicada. Depois de pesquisar, eu descobri as placas solares. Desde então consigo economizar, aproximadamente, R$ 20 mil por ano”, afirma.

    Alfredo garante que o investimento vale a pena. O equipamento, que custa em média R$ 35 mil, fez com que o valor da conta saísse de R$ 200 para R$ 21.

    “A energia gerada pelas placas consegue abastecer o meu local de trabalho e minha casa, que fica ao lado, sem problema nenhum. Além disso, quando a energia elétrica da concessionária acaba eu sou o único que continua com as luzes acesas”, brinca.

    Importado

    O equipamento comprado pelo empresário não é vendido em Manaus. Ele foi importado do Sul do País. Apesar do preço nada convidativo, a economia nas contas durante os anos acaba pagando todo o investimento. Mesmo comprando fora de Manaus, há empresas que realizam a instalação dos painéis. A Amazônia Power, que está há cinco meses operando exclusivamente com a venda das placas solares, recebe diariamente pedidos de orçamento.

    Segundo o coordenador de vendas da empresa, Derek Cidi, Manaus é uma das cidades do país com menos instalações de painéis solares.

    Para ele, o Estado é um dos melhores locais do mundo para viver da energia solar, atrás apenas da Região Nordeste. Mesmo com a procura alta, Cidi confessou que as vendas ainda estão tímidas, uma vez que o investimento é alto.

    “Às vezes as pessoas não entendem os muitos benefícios que a energia fotovoltaica pode gerar. O principal deles é a redução na conta de energia. Quem opta pelos painéis consegue registrar a redução para até 5% do consumo sem agredir o meio ambiente. Além disso, os equipamentos são de qualidade e com garantia, o que faz com que o cliente sinta a diferença logo nos primeiros meses de uso”, afirma.

    Desvantagens

    Por outro lado, há quem afirme que em Manaus não dá para viver apenas da energia solar. O professor do curso de engenharia mecânica da Universidade Luterana do Brasil Frederico Cesarino explica que o Amazonas não é o melhor lugar para viver da energia do sol.

    “A umidade do ar é alta e isso faz com que as células fotovoltaicas não aproveitem 100% a radiação solar. Por conta disso, a energia se perde muito. Além disso, em dias nublados esse tipo de energia não funciona. Muita gente não consegue entender que calor não tem nada a ver com sol. Mas o que mais faz com que essa fonte de energia não seja popular é o valor alto na aquisição”, avalia.

    Cesarino diz, ainda, que não é apenas adquirir o equipamento, existe todo um processo que eleva ainda mais o custo.

    “Somente a instalação chega a custar pelo menos R$ 30 mil. Ainda tem o cabeamento, conversor, inversor, baterias e manutenção. A pessoa precisa ir também na concessionária solicitar a troca do medidor que também tem um custo. Essas placas têm prazo de validade. A pessoa vai economizar na conta de energia, mas não vai conseguir viver só de energia solar, uma vez que ela ainda não funciona como fonte única de energia. Sempre precisa ser associada à energia da concessionária”, concluiu.

    Leia mais:

    Cientistas chineses desenvolvem painéis solares que funcionam mesmo com chuva

    Novas hidrelétricas na Amazônia podem prejudicar clima e ecossistemas

    Verão amazônico e queimadas urbanas aumentam os focos de calor no AM



    Comentários