Fonte: OpenWeather

    Medicina Alternativa


    Uxi amarelo e Unha de gato usados no combate a cistos, miomas e endometriose

    Especialista no tratamento alternativo de enfermidades, o biólogo Juan Revilla fala dos benefícios e do uso adequado destes elementos

    Unha de gato se aliada ao Uxi amarelo combate diversas doenças. | Foto: Ione Moreno

    Tratar doenças e equilibrar o organismo são problemas que podem ser solucionados com medicamentos fitoterápicos e até mesmo remédios extraídos de plantas com poder de cura muitas vezes encontradas em casas especializadas e até em nossos quintais. Entre os aliados da natureza ao tratamento de problemas uterinos, duas fontes naturais se destacam: o uxi amarelo e a unha de gato. No Amazonas, especialista no tratamento alternativo de enfermidades, o biólogo Juan Revilla fala dos benefícios e do uso adequado destes elementos.

    Pesquisador atuante na área de botânica há mais de 35 anos, Revilla destaca a importância do tratamento de forma contínua. O botânico desenvolve técnicas de tratamento alternativo para doenças como cistos, miomas e endometriose com o uso das plantas uxi amarelo e unha de gato. “A demanda é muito grande e a eficácia é evidente”, afirma.

    Diversos problemas que podem ser solucionados com medicamentos fitoterápicos e até mesmo remédios extraídos de plantas.
    Diversos problemas que podem ser solucionados com medicamentos fitoterápicos e até mesmo remédios extraídos de plantas. | Foto: Ione Moreno

    Conforme esclarece Revilla, o uxi amarelo possui propriedades que tratam distúrbios menstruais, inflamações do útero, miomas e hemorragias. Já a unha de gato possui propriedades antinflamatórias, sendo eficaz no tratamento de tumores e candidíase. “Os dois agem no organismo de forma complementar. A dosagem é a mesma para ambos, são 10 gramas, em 1 litro de água e devem ser armazenadas na geladeira para beber ‘feito água’”, revela.

    Leia também: Protagonismo feminino na cena musical de Manaus

    “A planta é uma parte do processo de cura, mas devemos consertar a ‘máquina’ que é o nosso corpo. Deve ser feito um acompanhamento por meio de cuidados adequados. A alimentação deve ser equilibrada, a ingestão de água em boa quantidade diariamente também. Devemos cuidar do estômago, do fígado e da circulação. Todas as doenças são consequência de um desarranjo da ‘máquina’”, completou o botânico.

    Biólogo Juan Revilla fala dos benefícios e do uso adequado de ervas medicinais.
    Biólogo Juan Revilla fala dos benefícios e do uso adequado de ervas medicinais. | Foto: Divulgação

    Para o pesquisador, alimentos com substâncias hormonais causam distúrbios em todo organismo. “Eu recomendo às pessoas em tratamento com plantas que consumam aves ‘caipiras’, por exemplo. Hoje em dia, você acha que está tomando leite e na verdade é um composto lácteo. A tecnologia dos alimentos não foi criada para nos ajudar, somente por razões econômicas”, conta.

    “30 anos atrás o Inpa possuía cerca de 50 botânicos no quadro da instituição. Então a população passou a procurar o Instituto pedindo orientação na identificação das plantas e suas propriedades, levando seus problemas. Fazíamos a indicação adequada, mas como a procura se tornou muito grande, houve um receio de que a atividade fosse entendida como um atendimento médico que nunca foi a nossa intenção. Então esse tipo de atendimento foi proibido”, lamentou o especialista.

    Marina Oliveira, de 30 anos, faz tratamento para mioma com uxi amarelo e unha de gato há 1 ano. Ela diz que sente melhoras no corpo e nos resultados dos exames, pois faz acompanhamento com ginecologista.

    “No último exame o cisto diminuiu 2 centímetros. Me sinto satisfeita com o tratamento. Eu procurei a cura com plantas medicinais por recomendação do médico, foi quando encontrei o Dr. Juan para orientação apropriada. Também faço dieta adequada”, conta.

    Atendimento

    Juan Revilla atende pessoas em busca de tratamento alternativo no Instituto de Medicina Tradicional, um espaço de venda de plantas e recomendação de uso, localizado na avenida Castelo Branco, 1071, Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus.

    A orientação do tratamento fitoterápico é feita quando as pessoas já passaram pelo processo de medicina convencional, e procuram orientação para amenizar sintomas ou tratar doenças de uma forma natural.


    Leia mais:


    Após incêndio na chapada voluntários defendem continuidade de ações preventivas

    Mais de 200 novas espécies de plantas são descobertas na Amazônia

    Brasil reciclou 280 mil toneladas de latas de alumínio em 2016, diz estudo

    Comentários