Fonte: OpenWeather

    Abuso Sexual


    Mulher de 21 anos fingia ser garoto de 16 para cometer abusos

    Segundo a polícia, ela era tão convincente que chegava a conhecer os pais das moças

    Gemma Watts, 21 anos, se passava por Jake Watton, 16 anos, para abusar de meninas adolescentes | Foto: Divulgação

    Uma mulher de 21 anos foi presa por se passar por um adolescente de 16 anos para abusar sexualmente de meninas que conhecia através das redes sociais Instagram e Snapchat. As informações são do jornal britânico The Sun.

    Gemma Watts, desempregada e morando com a mãe, fingia ser Jake Waton, de 16 anos, nas redes sociais. Ela escondia o cabelo dentro de um boné e viajava até as vítimas. Segundo a polícia, ela era tão convincente que chegava a conhecer os pais das moças. A polícia acredita que ela tenha feito mais de 50 vítimas na Inglaterra.

    A predadora sexual buscava as vítimas em redes sociais, como o Snapchat, conversava com elas e as elogiava antes de pedir os números de celular. A partir daí, entrava em contato pelo WhatsApp. Watts foi desmascarada por um médico que disse à polícia que uma paciente adolescente mantinha relacionamento sexual com homem mais velho. A investigação revelou que Jake era Gemma.

    Segundo o The Sun, a tarada continuou a perseguir e abusar de adolescentes enquanto investigadores monitoravam seus passos em Londres. Watts declarou-se culpada e foi condenada a oito anos de reclusão.

    Comentários