Fonte: OpenWeather

    Pronunciamento


    Papa destaca 'perigosa situação da Amazônia' em discurso na ONU

    O pontífice ainda afirmou que a crise no meio ambiente é ligada aos problemas sociais

    O representante da igreja católica ainda relembrou sua participação em 2015 no evento
    O representante da igreja católica ainda relembrou sua participação em 2015 no evento | Foto: Divulgação

    O papa Francisco discursou na 75ª assembleia geral da Organização das Nações Unidas (ONU), nesta sexta-feira (25). Durante seu pronunciamento, o pontífice destacou a a situação da Amazônia e a crise ambiental.

    "Eu penso na perigosa situação da Amazônia e dos povos indígenas que vivem lá. Isso nos lembra que a crise ambiental é intimamente ligada à crise social e que o cuidado com o ambiente exige uma abordagem abrangente para lidar com a pobreza e combater a exclusão", afirmou.

    Na primeira edição virtual da história da organização, por conta da pandemia do coronavírus, o representante da igreja católica ainda relembrou sua participação em 2015 no evento, quando discutiram sobre mudanças climáticas e desenvolvimento sustentável.

    "Nós precisamos ser honestos e admitir que, embora alguns progressos tenham sido feitos, a comunidade internacional não foi realmente capaz de cumprir as promessas feitas cinco anos atrás", completou.

    Bolsonaro na ONU

    O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) também discursou na assembléia da ONU e afirmou que o Brasil trata crimes ambientais com "tolerância zero".

    O chefe de Estado disse que os focos de incêndios sempre acontecem no mesmo local e que não é possível a propagação das chamas dentro das florestas brasileiras.

    Leia mais

    Papa Francisco doa respiradores ao Brasil

    Papa dedica orações e homenageia campeão paralímpico de ciclismo

    Papa diz que pessoas são mais importantes do que a economia



    Comentários