Fonte: OpenWeather

    Falsificação


    Presa quadrilha com ingressos falsificados para final da Copa América

    Ingressos eram negociados pela internet

    A prisão da quadrilha teve o apoio da Core | Foto: Divulgação

    A Delegacia do Consumidor (Decon) prendeu, nessa sexta-feira (6) à tarde, cinco homens acusados de venda de ingressos falsos para a final da Copa América, que ocorre neste domingo (7), no Estádio do Maracanã, entre as seleções do Brasil e Peru. A prisão da quadrilha teve o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), grupo de elite da Polícia Civil.

    Os agentes chegaram ao grupo a partir da denúncia de uma mulher que negociava pela internet a compra de dois ingressos para a decisão da Copa América. Desconfiada, ela marcou com um dos supostos vendedores nas proximidades da Cidade da Polícia, no bairro do Jacaré, na zona norte da cidade. Ao perceber que o ingresso parecia falso, ela acionou uma equipe da Core que passava na hora e encaminhou o suspeito com a vítima para a Decon.

    A partir de informações repassadas por ele, os demais integrantes do grupo foram pesos próximo ao Terreirão do Samba, no centro da cidade, com 21 ingressos falsificados e prontos para serem comercializados.

    As investigações indicam que os bilhetes para a decisão da Copa América estavam sendo vendidos no valor de R$ 500 a R$1.500. Os cinco acusados foram presos e autuados em flagrante e vão responder por estelionato, formação de quadrilha e receptação.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Terremoto de magnitude 6,4 atinge sul da Califórnia, nos EUA

    Autoridades não tiveram acesso prévio às provas do Enem, diz ministro

    Comentários