Fonte: OpenWeather

    Esquema de rachadinha


    Queiroz estava na casa de advogado de Flávio Bolsonaro há 1 ano

    Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, foi preso, na manhã desta quinta (18), em Atibaia, em imóvel de Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro

    Wassef disse ao programa Em Foco não saber onde estava o ex-assessor
    Wassef disse ao programa Em Foco não saber onde estava o ex-assessor | Foto: Divulgação

    Fabrício Queiroz, ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), preso em Atibaia, na manhã desta quinta-feira (18), morava na casa do advogado Frederick Wassef havia cerca de um ano, segundo informou um dos caseiros que estava na residência à Polícia Civil.

    “O caseiro informou que ele estava por volta de um ano aqui. Tinham dois funcionários no fundo da casa, em uma edícula”, revelou o delegado Nico Gonçalves.

    Queiroz foi encontrado no imóvel de Frederick Wassef, advogado do parlamentar, e levado para unidade da Polícia Civil no Centro da capital paulista.

    Em setembro de 2019, Wassef disse ao programa Em Foco não saber onde estava o ex-assessor, e afirmou não ser o advogado dele.

    Ainda de acordo com o delegado, dois celulares foram apreendidos pela equipe do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo), além de documentos e uma quantia em dinheiro não especificada.

    "Dois celulares foram apreendidos, alguns documentos que o Gaeco apreendeu que pode ser interessante para eles, e um pequeno valor que foi apreendido com ele, que eu não sei exatamente a quantia", disse Nico Gonçalves.

    Investigação

    Policial Militar aposentado, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira considerada "atípica", segundo relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf).

    Ele trabalhou para o filho do presidente Jair Bolsonaro antes de Flávio tomar posse como senador, no período em que ele era deputado estadual no Rio.

    No Rio, a Polícia Civil também fez buscas no início da manhã em um imóvel que consta na relação de bens do presidente Bolsonaro, em Bento Ribeiro, Zona Norte da capital fluminense.

    De acordo com a investigação em São Paulo, o imóvel onde Fabrício Queiroz estava, em Atibaia, começou a ser monitorado há 10 dias, a pedido de promotores do Rio.

    Informações de um celular apreendido indicava que ele estaria vivendo lá, escondido. O imóvel é uma casa ampla, usada como escritório pelo Fred Wassef. Toda a operação foi conduzida em sigilo.

    Leia mais:

    Justiça do Rio decreta a prisão da mulher de Queiroz

    Ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz é preso em São Paulo

    Liminar do desembargador Ernesto Chíxaro suspende CPI da Saúde

    Comentários