Fonte: OpenWeather

    Vacina


    Infectologista é primeira pessoa a tomar vacina de Oxford no Brasil

    A imunização ocorreu na tarde deste sábado (23) na sede da Fiocruz

    Logo após a primeira dose ter sido aplicada, a pneumologista do Centro de Referência Professor Helio Fraga, da Fiocruz, Margareth Dalcolmo também foi vacinada | Foto: REUTERS/RICARDO MORAES

    O infectologista do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), Estevão Portela, foi a primeira pessoa no Brasil a receber a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, a AstraZeneca. A imunização aconteceu na tarde deste sábado (23) na sede da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), no Rio de Janeiro, após a instituição liberar 2 milhões de doses de vacinas prontas para o Programa Nacional de Imunizações (PNI/MS).

    Logo após a primeira dose ter sido aplicada, a pneumologista do Centro de Referência Professor Helio Fraga, da Fiocruz, Margareth Dalcolmo também foi vacinada.

    A terceira médica vacinada, neste sábado, foi Sarah Ananda Gomes, que atua no Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, e é filha do cônsul da Índia na capital mineira.

    A Fiocruz recebeu, no início da madrugada deste sábado (23), 2 milhões de doses de vacinas prontas, importadas do Instituto Serum, um dos centros produtores da vacina de Oxford-AstraZeneca na Índia. As vacinas chegaram na noite de sexta-feira (22), na base área do Galeão, e seguiram em caminhões refrigerados para o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz).

    *Com informações do R7

    Comentários