Fonte: OpenWeather

    Peixe da Amazônia


    Presença de Pirarucu no Lago Paranoá, em Brasília, é investigada

    A presença do animal, que não pertence a este habitat, pode causar danos ambientais e fiscais investigam o aparecimento

     

    O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) informou, nesta segunda-feira (12), que vai investigar a presença do animal no espelho d’água
    O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) informou, nesta segunda-feira (12), que vai investigar a presença do animal no espelho d’água | Foto: T. Voekler

    Um pirarucu de 1,3m, um dos maiores peixes de águas doces fluviais e lacustres do Brasil e encontrado geralmente na bacia Amazônica, mais especificamente nas áreas de várzea, foi visto em águas do Lago Paranoá, em Brasília. 

    O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) informou, nesta segunda-feira (12), que vai investigar a presença do animal no espelho d’água. O flagrante aconteceu na última terça-feira (6).

    Por meio da assessoria de comunicação, o órgão responsável pelo controle e fiscalização ambiental  revelou que será realizada a verificação em campo, obedecendo ao cronograma do Ibram.

    “Os fiscais tentarão localizar o peixe e se há outros pirarucus na região. Dessa forma, verificaremos a necessidade de outras ações e monitoramento”, detalha o comunicado.

    *Metrópoles

    Leia mais:

    Estados Unidos: morte de homem negro pela polícia gera nova revolta

    China quer trabalhar com o Brasil para promover parceria estratégica

    Comentários