Fonte: OpenWeather

    350 anos de Manaus


    Sopas manauaras: conheça os caldos de bodó e pirarucu

    No especial roteiro manauara dos '350 anos de Manaus', descubra o rodízio de sopas da Lili & Vivi Delícias Regionais

    Em Manaus a Lili & Vivi apresenta uma diversidade de sabores por meio do rodízio de sopas | Foto: Leonardo Mota

    Manaus - Quem disse que neste calor manauara as sopas não fazem sucesso? Seja no pós-balada, para curar a gripe ou apenas por gosto pessoal, a sopa não sai da lista de preferências gastronômicas do amazonense. Com receitas tradicionais e regionais, que vão de canja e carne até ao caldo de bodó e pirarucu. Em Manaus a Lili & Vivi apresenta uma diversidade de sabores por meio do rodízio de sopas. Já que nem o calor típico de Manaus faz o prato sair de moda.

    A LiLi & Vivi, lugar especializado em café da manhã regional, passou a servir sopas à noite. O serviço é de rodízio (R$ 27 por pessoa) e o cliente tem direito a provar quantos sabores ele quiser. O rodízio é servido de quinta a domingo das 18h30 às 23h.

    A Lili & Vivi possui um café da manhã regional que funciona todos os dias pelas manhãs e a tarde. À noite, no espaço, não tinha nada, foi quando as proprietárias resolveram investir em sopas regionais.

    O rodízio é servido de quinta a domingo das 18h30 às 23h.
    O rodízio é servido de quinta a domingo das 18h30 às 23h. | Foto: Leonardo Mota

    “Nós temos um público muito grande no fim de semana e no decorrer da semana esse público não é tão grande assim. Então eu comecei a pesquisar essa possibilidade de abrir uma soparia e como a Lili & Vivi é focado em delícias regionais nós investimos no negócio”, diz Lidiane Maciel (a Lili), sócia proprietária da empresa.

    O diferencial da Lili e Vivi é que o espaço dispõe de caldo regionais. Além dos caldos tradicionais como carne, canja, mocotó, feijão, caldo verde, vaca atolada, elas têm também o caldo de bodó, de piranha, de tambaqui, de pirarucu e outros como mariscos, camarão e bacalhau.

    A Lili & Vivi possui 11 sabores diferentes
    A Lili & Vivi possui 11 sabores diferentes | Foto: Leonardo Mota

    “Os caldos mais pedidos são os regionais como tacacá, tambaqui, bodó e a piranha. A questão da regionalidade tem chamado atenção das pessoas. E quando elas não vêm aqui, elas pedem pelas plataformas de delivery”, conta Lili.

    Sopa de bodó
    Sopa de bodó | Foto: Leonardo Mota

    Em média, o espaço recebe 50 pessoas por noite e já recebeu turistas estrangeiros como do Canadá e Itália. Além dos brasileiros situados no Sul e Sudeste do Brasil.

    A Lili & Vivi Delícias Regionais também tem opções de presentes criativos como buquê e cesta de café com delícias regionais. São vários itens regionais como mingau de banana, cuscuz, tapioca, bolo de macaxeira, banana frita, pão com tucumã, bolo de macaxeira, tapioca, suco e diversos outros alimentos.

    As amigas aposentadas Namir Dantas, 75 e Darcy Modesto, 76
    As amigas aposentadas Namir Dantas, 75 e Darcy Modesto, 76 | Foto: Leonardo Mota

    As amigas aposentadas Namir Dantas, 75 e Darcy Modesto, 76, começaram a tomar sopa no Lili & Vivi e se apaixonaram pelos caldos. "É um caldo delicioso e irresistível. Elas dão um toque especial nos caldos que cativa qualquer um", conta Dantas.

    Cestas e buquês da manhã da Lili & Vivi
    Cestas e buquês da manhã da Lili & Vivi | Foto: Ione Moreno

    "Já tenho os meus caldos favoritos, o de tambaqui e de bodó, claro. São maravilhosos e da nossa terra", enfatiza Modesto.

    Benefícios da sopa

    Caldo de tacacá
    Caldo de tacacá | Foto: Leonardo Mota

    Para a nutricionista Elizangela Mota, a alimentação pode auxiliar no alívio dos diversos sintomas causados pelo tratamento, com o objetivo de manter ou recuperar o estado nutricional do paciente.

    “A sopa é uma das maneiras mais gostosas, confortáveis e saudáveis de se alimentar bem durante esse período, e mesmo após ele, é tomando sopas preparadas com uma boa variedade de ingredientes. Um bom caldo pode até ser considerado uma refeição completa, dependendo dos ingredientes escolhidos”, revela.

    ‘Uma sopa e uma conversa ajudaram a impedir uma guerra’

    Um caldo une as pessoas
    Um caldo une as pessoas | Foto: Leonardo Mota

     

    É na mesa que costuma acontecer grande parte das celebrações de nossas vidas, assim como as maiores e mais importantes transações. A comida tem o poder de nos unir, mas neste caso, foi graças a ela que uma guerra foi impedida. Esta incrível história aconteceu em 1529, quando um exército de soldados de infantaria católicos enfrentava um exército de protestantes durante a Reforma da Suíça.

    Embora o conflito tenha sido chamado de “Primeira Guerra de Kappel”, nenhuma violência realmente ocorreu no campo de batalha. Como tudo deveria ter sido resolvido desde os primórdios da história da humanidade, os corações se acalmaram enquanto os líderes dos dois exércitos conversavam. À medida que se tornaram mais e mais amigáveis, os exércitos decidiram compartilhar uma refeição de “sopa de leite”, com os protestantes fornecendo o pão e os católicos fornecendo o leite. Com a barriga cheia, o conflito se acalmou e um espírito de solidariedade se formou entre os rivais.

    Comentários