Fonte: OpenWeather

    Significado da Páscoa


    Entenda como as religiões celebram a Páscoa e quais os seus símbolos

    Católicos, evangélicos, judeus e religiões de matriz africana comemoram um sentimento comum: a liberdade ao culto

    Celebração da Páscoa tem ritos e tradições diferentes para cara religião
    Celebração da Páscoa tem ritos e tradições diferentes para cara religião | Foto: Divulgação

    Manaus - O período da páscoa está chegando e com ele uma grande movimentação nas ruas e casas de Manaus. Trocas de ovos de chocolate e almoços em família se tornaram tradição entre todo tipo de religião que celebra a data. Mas o que muita gente não sabe é qual o verdadeiro significado da Páscoa e quais os ritos de cada crença. Veja como os católicos, evangélicos e praticantes do candomblé celebram a data. 

    O significado da Páscoa para os católicos

    A Sexta-Feira Santa ou Paixão de Cristo é a data que lembra todos os martírios que Jesus teve que passar antes da crucificação
    A Sexta-Feira Santa ou Paixão de Cristo é a data que lembra todos os martírios que Jesus teve que passar antes da crucificação | Foto: Arquivo Em Tempo

    Para a igreja católica, a Páscoa celebra a ressurreição de Jesus Cristo após sua crucificação e morte. A palavra Páscoa significa “passagem” e simboliza a esperança de uma vida nova. 

    A contagem para a Páscoa, ou Semana Santa para os católicos, começa na quarta-feira de cinzas, logo após o Carnaval. Inicia-se a Quaresma, período que dura 40 dias e é voltado para a preparação e reflexão do renascimento de Jesus Cristo. O preparo, geralmente, envolve caridade, abstinências e jejuns. 

    A Sexta-Feira Santa ou Paixão de Cristo é a data que lembra todos os martírios que Jesus teve que passar antes da crucificação. Nessa data, alguns alimentos, como carne vermelha, são proibidos para os católicos.

    A data é feriado nacional no Brasil e em vários países de religião cristã, é justamente o dia em que Jesus foi crucificado.

    Já o Sábado Santo é o dia em que Jesus descansou em seu túmulo até que ressuscitasse. Finalmente, chega o Domingo de Páscoa, o dia em que é celebrada a Ressurreição de Cristo e sua primeira aparição aos discípulos. 

    O significado da Páscoa para os espíritas

    A doutrina espírita não comemora a Páscoa. A religião codificada por Allan Kardec respeita a celebração dos judeus e cristãos. O sentido de renovação da Páscoa para os cristãos espíritas se concretiza na renovação de si mesmo, na melhoria íntima e na evolução espiritual.

    O presidente da Federação Espirita Amazonense, Thiago Aguiar, fala do sentido da Páscoa para os espíritas.

    “Nós acreditamos que Jesus é um espírito superior que serve de guia. O espiritismo descrucifica Jesus, no sentido de que temos a figura dele ao nosso lado todos os dias, nos atos de caridade”. 

    O significado para o cristianismo evangélico

    Para os evangélicos, a data representa um período especial de estudo sobre os últimos dias da vida de Jesus de Nazaré
    Para os evangélicos, a data representa um período especial de estudo sobre os últimos dias da vida de Jesus de Nazaré | Foto: Divulgação

    Os praticantes do cristianismo evangélico dão grande importância para a Semana Santa. É um período especial de estudo sobre os últimos dias da vida de Jesus de Nazaré, o Messias.

    Para a pastora e líder da rede de mulheres, Eliana Lava, o momento representa amor, entrega e ressurreição.

    “Essa data representa o amor, onde um Rei se deu em morte de cruz pela vida de toda a humanidade”, comenta.

    O significado para os judeus

    A tradição pede que as casas dos judeus estejam limpas e arrumadas na celebração
    A tradição pede que as casas dos judeus estejam limpas e arrumadas na celebração | Foto: Arquivo Em Tempo

    A Páscoa judaica (do hebraico Pessach = passagem) celebra a libertação do Egito por meio de Moisés e reafirma o laço com Deus, que teria permitido a vitória.

    A tradição pede que as casas dos judeus estejam limpas e arrumadas na celebração. Como os católicos, os judeus também têm o costume de manter jejum, que é quebrado no dia seguinte com alimentos que relembram o episódio bíblico da libertação.

    O significado para os praticantes do candomblé

    Recorrendo ao sincretismo com o catolicismo, o candomblé não comemora a Páscoa. A maioria das casas tradicionais suspende as atividades durante a Páscoa e celebra entre os filhos da casa e simpatizantes a grande mesa de Oxalá.

    O Babalorixá Belmiro de Oxossí fala da importância da paz e humanidade com o outro.

    “Nós, de matrizes africanas, respeitamos todos os sagrados que comemoram a Páscoa. O importante é respeitarmos um ao outro seguindo os ensinamentos de paz e amor ao próximo”, comenta.

    Além de toda história para cada religião, alguns símbolos se tornaram emblemáticas nesta data. Veja abaixo o significado dos mais famosos:

    Coelho

    Tradição e ritos de Páscoa ainda são desconhecidos para maioria das pessoas; símbolos como coelho e ovos de chocolate também
    Tradição e ritos de Páscoa ainda são desconhecidos para maioria das pessoas; símbolos como coelho e ovos de chocolate também | Foto: Divulgação

    O coelho é conhecido por ser o animal da fertilidade, com grande capacidade reprodutiva. Ele se tornou a representação da propagação da esperança e da palavra de Deus. Por isso, ele se tornou o animal símbolo da data.

    Ovos de chocolate

    Os ovos de chocolate, também do ponto de vista religioso, indicam a vida e o nascimento. A tradição de presentear as pessoas com ovos de galinha decorados nasceu no Leste Europeu, representando a colheita e fertilidade do solo.

    Com o tempo, a popularidade do ovo de chocolate foi aumentando, o que fez com que ele fosse incorporado ao costume e ajuda o setor comercial.

    O pão e o vinho 

    Simbolizando o corpo e o sangue de Cristo, o pão e vinho representa o amor de Jesus para seus apóstolos
    Simbolizando o corpo e o sangue de Cristo, o pão e vinho representa o amor de Jesus para seus apóstolos | Foto: Divulgação

    Simboliza o corpo e o sangue de Cristo para demonstrar seu amor aos apóstolos e discípulos na Santa Ceia, celebrando a vida eterna. 

    O cordeiro

    Um dos símbolos mais antigos da Páscoa, o cordeiro lembra a aliança que Deus teria feito com o povo judeu, no Antigo Egito
    Um dos símbolos mais antigos da Páscoa, o cordeiro lembra a aliança que Deus teria feito com o povo judeu, no Antigo Egito | Foto: Divulgação

    Um dos símbolos mais antigos da Páscoa, o cordeiro lembra a aliança que Deus teria feito com o povo judeu, no Antigo Egito. Naquela época, a Páscoa era celebrada com um sacrifício de um cordeiro.

    Para os cristãos, também simboliza o sacrifício do próprio Jesus para poupar toda a humanidade dos seus pecados.

    Editora responsável: Bruna Souza

    Leia Mais

    Vendas de ovos de páscoa devem crescer 4,5% em Manaus em 2019

    1° Encontro de Páscoa reúne cães no próximo sábado, em Manaus

    CNC projeta alta de 1,5% para as vendas da Páscoa contra 2% de 2018

    Comentários