Fonte: OpenWeather

    MÚSICA


    Com timbre único, Luana Paganini é a revelação da música amazonense

    Com apenas 20 anos de idade e um timbre de voz já amadurecido, Luana Paganini começa a dar seus primeiros passos no mundo da música amazonense

    Luana Paganini tem 20 anos de idade e caminha pela música sertaneja | Foto: Márcio Melo/EM TEMPO

    ManausCom apenas 20 anos de idade, a jovem cantora Luana Paganini firma, dia após dia, sua trajetória como um dos mais novos nomes da música amazonense. Ela tem pouca idade, mas seu timbre vocal já é o de uma mulher madura, e muitos comparam-o ao timbre da cantora Paula Fernandes. A relação com a cantora sertaneja, inclusive, é até justa: ela tem os cabelos ruivos e ondulados, numa referência leve à música "Pássaro de Fogo". 

    Luana Paganini interpreta a música "Pássaro de Fogo", de Paula Fernandes | Autor: Márcio Melo/EM TEMPO

    Sua vida na música iniciou ainda criança, e por influência do pai. "Meu pai sempre cantou e sempre tocou violão. Herdei, inclusive, esse estilo dele. Desde criança eu sempre gostei de cantar, e quando completei 12 anos, aprendi a tocar violão. Ele sempre foi meu maior incentivador, e desde que eu aprendi, não parei mais de tocar", contou.

    Além do timbre parecido com o da cantora Paula Fernandes, Luana também faz jus a uma das músicas da sertaneja: "Pássaro de Fogo"
    Além do timbre parecido com o da cantora Paula Fernandes, Luana também faz jus a uma das músicas da sertaneja: "Pássaro de Fogo" | Foto: Márcio Melo/EM TEMPO

    E assim foi: conciliando a música com os estudos, ainda na adolescência, Luana começou a ganhar notoriedade. Vídeos caseiros publicados no YouTube mostram a evolução da cantora ao longo do tempo, até que, em 2018, ela lançou um clipe cover da música "Medo Bobo", da dupla sertaneja Maiara e Maraísa, que foi gravado nos jardins do Centro Cultural Palácio Rio Negro, Centro de Manaus.

    Veja vídeo da música "Medo Bobo"

    Luana gravou o clipe da música "Medo Bobo" em 2018, no Centro Cultural Palácio Rio Negro | Autor: Luana Paganini

    A primeira vez

    Luana conta que, logo quando terminou o Ensino Médio, passou um ano inteiro nos palcos, cantando, antes de entrar na faculdade. Durante esse ano, ela foi convidada para fazer o som ao vivo na Cachaçaria do Dedé.

     "Quando eu subi no palco pela primeira vez, bateu um nervosismo muito grande! Mas com o tempo, isso foi passando e eu me acostumei. Hoje é tudo mais tranquilo e calmo pra mim, e na cachaçaria era tranquilo, porque as pessoas se sentavam e começavam a conversar. Eu sentia que elas estavam curtindo a música, e isso me deixava bem", afirma. 

    Além de cantora, Luana também cursa Arquitetura, e foi por conta da faculdade que ela largou os palcos momentaneamente
    Além de cantora, Luana também cursa Arquitetura, e foi por conta da faculdade que ela largou os palcos momentaneamente | Foto: Márcio Melo/EM TEMPO

    Hoje, a cantora deu um tempo dos palcos, para se dedicar aos estudos, mas pretende voltar assim que tiver uma oportunidade. Ela diz sentir falta de fazer aquilo que gosta, de fato. Além disso, também quer retomar as aulas de canto, e não pretende mudar de estilo tão cedo.

    "Eu curso Arquitetura e Urbanismo, e por conta dos trabalhos e projetos da faculdade, precisei deixar um pouco a música de lado. Mas vou voltar assim que tiver oportunidade. Quanto ao estilo, não sei para o futuro, mas por enquanto, vou permanecer no sertanejo, porque é o estilo com o qual eu me identifico", completa.

    Pauta e edição: Bruna Souza

    Leia mais

    Amazonense Raylla Araújo arrasa ao vivo e continua no The Voice Kids

    DJ Renato Ratier será atração nacional de festa em Manaus

    Vídeo: Sadie Hauache, pioneira da televisão no Amazonas

    Comentários