Fonte: OpenWeather

    Marketing


    Burguer King recruta elenco da propaganda vetada por Bolsonaro

    Atitude da rede de fast food gerou uma onda de ataques nas redes sociais

    Bolsonaro vetou uma propaganda do Banco do Brasil | Foto: Divulgação

    Uma ação de marketing promovida pelo Burger King deu o que falar nas redes sociais. A rede de fast food ironizou nesta sexta-feira (3), a decisão de Jair Bolsonaro, de retirar do ar uma propaganda do Banco do Brasil.

    Sem citar diretamente a decisão do presidente, a empresa postou uma série de Stories em seu Instagram repletas de referências ao caso.

    “Procura-se elenco para comercial. O Burger King está recrutando pessoas para seu novo comercial”, dizia o primeiro Storie. "Para participar, basta se encaixar nos seguintes requisitos: ter participado de um comercial que tenha sido vetado e censurado nas últimas semanas. Pode ser homem, mulher, negro, branco, gay, hetéro, trans, jovem, idoso. Curtir fazer selfie é opcional", continuou a empresa.

    No último dia (25), Bolsonaro censurou uma propaganda do Banco do Brasil marcada pela diversidade, que contava com atrizes e atores negros, gays e trans. Logo em seguida, o diretor de Comunicação e Marketing responsável pela peça foi exonerado. A atitude da lanchonete rendeu ataques nas redes sociais. 

    Leia mais:

    Bolsonaro não consegue impedir e gás sobe de preço no domingo

    Bolsonaro cancela viagem a Nova York

    Bolsonaro pede que novos diplomatas trabalhem por economia aberta

    Comentários