Fonte: OpenWeather

    Educação


    Alunos do CMPM V interpretam obras de Shakespeare

    Intenção de professores é promover a aproximação dos alunos com obras clássicas da literatura universal de forma prazerosa e pedagógica

    Manaus - ‘Romeu e Julieta’, ‘Macbeth’ e ‘Sonho de uma noite de verão’ são algumas das dez obras clássicas de William Shakespeare homenageadas durante o Teatro Café do Colégio Militar da Polícia Militar (CMPM) V. São 408 alunos participantes, 14 e 15 anos, de 12 turmas da 1ª série do Ensino no Médio que realizaram adaptações do famoso dramaturgo no Auditório Nina Lins.

    A iniciativa dos professores de língua portuguesa, Gabriella Flores, Carla Cristina Kramer, Rômulo Ribeiro e Maria Elcilene Oliveira, tem objetivo de promover a aproximação dos alunos do Ensino Médio das obras clássicas da literatura universal de forma prazerosa e pedagógica.

    A professora Gabriella Flores conta que o mais importante é  levar os alunos a lerem. Para realizar as apresentações, os alunos tiveram que ter intimidade com o autor e suas obras. 

    Presença ilustre

    Quem faz a abertura do evento é o professor doutor Serge Margel, filósofo, especialista em leitura clássica e professor da  Universidade de Neuchâtel, localizada na Suíça. 

    Por que Shakespeare?

    William Shakespeare foi o autor escolhido para ser homenageado por ser um reconhecido dramaturgo e por sua obra ter diversas adaptações teatrais e fílmicas. Muito bem conhecidas pelos jovens, como ‘Rei leão’, ‘Ela é o cara’ e ‘10 coisas que eu odeio em você’. 

    O projeto teve início no mês de maio. Primeiro, os alunos iniciaram com a leitura de uma adaptação chamada ‘Os contos de Shakespeare’ de Charles e Mary Lamb, em seguida, fizeram os textos teatrais adaptados com o auxílios dos professores de língua portuguesa. Os ensaios começaram no início mês de junho.

    “Esperamos que os alunos tenham interesse cada vez maior por obras de literatura clássica e a formação do seu potencial humanístico, artístico e estético”, conta Miriene Araújo, coordenadora pedagógica, que acredita que a comunidade escolar como um todo, também tem ganhos ao apreciar as encenações teatrais dos alunos.

    Adaptação que prestigia a mulher

    O clássico Macbeth deixa de lado o protagonismo do rei Duncan para dar visibilidade à rainha Davina. Nesta adaptação dos alunos, o conflito acontece entre Lady Macbeth e Davina, provocando uma discussão sobre ambição e vaidade.

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Festival Filhos&Tal terá diversão para toda a família em Manaus

    Amazonas Filarmônica apresenta obras russas no Teatro Amazonas

    Comentários