Fonte: OpenWeather

    Show Anitta


    MP-AM emite recomendação que show de Anitta não cobre alimentos

    Equipe do Ministério Público locada em Parintins argumenta que a cobrança de alimentos em troca de ingressos é indevida

    Show da cantora ocorre na noite desta quinta (27)
    Show da cantora ocorre na noite desta quinta (27) | Foto: Reprodução

    Parintins (AM) - O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), em Parintins, emitiu recomendação, na manhã desta quinta-feira (27), para que o show da cantora de funk, Anitta, tenha a entrada franca, sem a cobrança de um quilo de alimento, como vem sendo praticado até o momento da publicação desta matéria.

    Na ação, eles recomendam que se abstenham da cobrança de um quilo de alimento, como condição para o acesso à Festa dos Visitantes, evento previsto para a noite desta quinta-feira (27), com participação de Anitta, após polêmica e Vintage Culture como atrações principais. 

    Ainda na ação, assinada pela 2ª Promotoria de Justiça de Parintins, é recomendado que qualquer doação de alimentos que ocorra ao longo do show seja feita de maneira voluntária e espontânea, sem vínculo a partidos políticos, e destinada ao público que já vem sendo atendido pela política de assistência social do município.

    A Promotoria cita que o evento vai ser integralmente custeado com verbas públicas, por intermédio do convênio firmado entre a Prefeitura local e o Governo do Estado no valor global de R$ 3.432.506, 72 (três milhões, quatrocentos trinta e dois mil e quinhentos e seis reais e setenta e dois centavos), dos quais R$ 343.300,00 (trezentos e quarenta e três mil e trezentos reais) são contrapartida do Município para a realização do Festival Folclórico de Parintins do ano 2019. E que, por isso, não pode ter o acesso por meio de pulseiras, que somente são adquiridas pela população mediante a troca por “combo de vale alimento” em pontos credenciados, sob valores equivalentes a R$ 10,00 (dez reais) e R$ 20,00 (vinte reais) cada um.

    O MP-AM detalha que qualquer um pode contribuir com a doação de alimentos não perecíveis para fins sociais no município, desde que a “doação” de alimentos não seja facultada a possíveis benefícios posteriores.

    A recomendação finaliza recomendando que com o evento ocorrendo nesta quinta-feira (27), que a Prefeitura informe à 2ª Promotoria de Justiça de Parintins, no prazo de trê horas a contar do recebimento da Recomendação, sobre a adoção das medidas recomendadas.

    Procurada pela equipe de reportagem do portal EM TEMPO, a Prefeitura de Parintins, através de sua assessoria, não retornou às demandas solicitadas para possíveis esclarecimentos. 

    Leia Mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Artesão amazonense é aposta em Feira Nacional de Artesanato

    Prefeitura de Parintins volta atrás e confirma show de Anitta

    Comentários