Fonte: OpenWeather

    Refugiados


    Vídeo: grupo musical de imigrantes venezuelanos faz sucesso em Manaus

    Cerca de 15 mil refugiados venezuelanos estão morando em Manaus

    Grupo agora tem agenda de apresentações na cidade | Foto: Reprodução/TV Em Tempo

    Manaus - O grupo musical Sem Fronteiras se conheceu no Brasil, em meio a necessidade de ganhar dinheiro. Xavier e Luiz se conheceram primeiro em Roraima, e quando chegaram em Manaus conheceram o Adrian e o Franklin.

    O quarteto aliou o talento com a vontade de trabalhar e poder ajudar os familiares na Venezuela. Começaram tocando nas ruas e em bares e agora já trabalham com agenda marcada.

    Imigrantes em Manaus

    A realidade de muitos venezuelanos no Brasil, não é igual à desse grupo. Muito deles, sem ter para onde ir, e às vezes nem o que comer, se instalam nos arredores da rodoviária da capital amazonense. Hoje, segundo eles, vivem naquele ponto cerca de 300 imigrantes. Todos estão em busca de emprego.

    Mas uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que Manaus é a capital com a maior taxa de desemprego no país no primeiro trimestre deste ano.

    O imigrante Aníbal era empresário na Venezuela e diz que não está fácil encontrar emprego em Manaus. O filho de Aníbal descobriu há dois anos que tem leucemia. Ele faz tratamento no Hemoam, e diz que a condição em que vive não é adequada, principalmente, para uma pessoa doente.

    O Amazonas é o terceiro estado do país que mais recebeu venezuelanos, trazidos pelo projeto de interiorização do Governo Federal. Fica atrás apenas do Rio Grande do Sul e Paraná.

    Mas ainda tem aqueles venezuelanos que passam na fronteira sem nenhum apoio público, como é o caso dos que estão na rodoviária de Manaus.

    O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) afirma que cerca de 15 mil venezuelanos estão na capital amazonense atualmente. Desse total, pouco mais de 50 por cento, são crianças e adolescentes e grande parte veio de forma espontânea.

    Entre 2017 e abril de 2019, 16.350 venezuelanos solicitaram da Polícia Federal refúgio em Manaus. A Acnur e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) traçam estratégias para atender essa demanda.

    Veja a reportagem completa da TV Em Tempo:

    Veja a reportagem | Autor: Gabriela Moreno/TV Em Tempo
     

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Venezuelano é detido após agredir PM com corrente de ferro em Manaus

    Fila da esperança: venezuelanos pedem refúgio na PF, em Manaus

    Assista mais vídeos da TV Em Tempo

    Comentários