Fonte: OpenWeather

    Curta-metragem


    Curtas produzidos por amazonenses são exibidos gratuitamente em Manaus

    Cinco filmes produzidos pelas quatro turmas do curso 'Cineastas em Formação' serão exibidas durante todo o mês de julho no Casarão de Ideias

    Ao todo, 50 alunos participaram do curso | Foto: Divulgação

    Manaus - Após o lançamento de curtas produzidos por estudantes do curso ‘Cineastas em Formação’, realizada no mês passado, no Casarão de Ideias, localizado na rua Barroso, Centro de Manaus. O espaço realiza exibição gratuita dos filmes “Jackselene”, “Insana”, “Exílio”, “Clarice” e “Ressonância”, iniciando nesta quinta (17) e seguindo até sábado (19), sempre às 18h.

    Contemplado pelo edital Conexões Culturais 2017, da Prefeitura de Manaus, o curso foi ministrado pelos professores Walter Fernandes e Davi Oliveira, durante o segundo semestre de 2018. Cerca de 50 alunos em quatro turmas aprenderam sobre a história do cinema, linguagem cinematográfica, análise fílmica, roteirização, decupagem, pré-produção, filmagem, edição e finalização. Além de aulas que focaram na história do cinema brasileiro.

    O curso também contou com a colaboração de produtores e artistas do cenário local, como o Arnaldo Barreto, que roteirizou e protagonizou o curta “Até que a última luz se apague”, e os cineastas Ricardo Manjaro, que produziu juntamente com Diego Bauer o curta ‘Obeso Mórbido’. Diego Bauer participou da recente produção nacional “Aruanas”, interpretando o policial ‘Tavares’.

    ‘Ressonância’, que será exibido esta semana no Casarão, conta a história de duas irmãs que vivem em relacionamentos paralelos e opostos. Ao se reunirem em um almoço de domingo as relações de ambas se tencionam e as reviravoltas e descobertas surgem em suas realidades.

    Alunos durante o curso
    Alunos durante o curso | Foto: Divulgação

    Já o curta “Clarice”, conta a história de uma artista plástica que descobre que tem Parkinson aos 30 anos. Durante alguns meses enfrentando o choque da notícia, ela passa por um momento de reflexão sobre o futuro, chegando a abandonar a profissão, até que encontra um “ponto de escape” para renascer com a própria arte.

    O estudante Hiago Alves, que contribuiu com o roteiro e direção do curta ‘Ressonância’, conta que sempre se interessou em cinema e viu no curso a oportunidade de ter um contato mais próximo com a produção audiovisual.

    “A experiência foi incrível. Nunca tinha tentado criar um projeto com muita gente e, no todo, foi bem interessante conviver com uma galera que também curte cinema. Pretendo, com certeza, continuar estudando sobre cinema. Entretanto ainda não tenho certezas de futuras produções”, ressaltou Hiago.

    Leia mais: 

    Hamburgueria manauara aposta em cerveja artesanal e com rótulo próprio

    Hamburgueria manauara aposta em cerveja artesanal e com rótulo próprio

    Cerveja produzida em Manaus quer mostrar refrescância dos trópicos

    Comentários