Fonte: OpenWeather

    Arte


    Arte da palhaçaria: projeto realiza oficinas e apresentações em Manaus

    Projeto ‘Maloca de Palhaços’ promove oficinas e apresentações com o objetivo de reunir artistas amazonenses com outros do restante do país

    O primeiro módulo começa neste sábado (10) e se encerra no dia 18 de agosto | Foto: Divulgação

    Manaus - Com objetivo de estimular a arte da "palhaçaria" e estabelecer uma conexão dos artistas amazonenses com outros do restante do país, a Fitacrepe Filmes e Artes Cênicas promove o projeto “Maloca de Palhaços”, que contará com oficinas e apresentações gratuitas ao longo de cinco meses. O primeiro módulo da iniciativa, que tem patrocínio do Banco da Amazônia (Basa), inicia neste sábado (10) e encerra no dia 18 de agosto.

    A artista Ana Oliveira que trabalha profissionalmente na área há cinco anos, bacharel em Teatro e especialista em Gestão e Produção Cultural pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), conta que a ideia do projeto surgiu após ela participar da Escola Livre de Palhaços (Eslipa) em 2016, no Rio de Janeiro (RJ).

    "Tive a oportunidade de estudar com artistas renomados da área do teatro e da palhaçaria. Manaus fica bem isolada das produções artísticas do resto do país. É muito difícil esses mestres chegarem aqui. O Maloca veio dessa ideia de trazer estes artistas para capital amazonense. Criar uma ponte de ligação, reforçar e incluir o que o Norte está produzindo de palhaçaria com restante do Brasil. Tem muita gente que está aqui fazendo o que pode e como pode, diante do nosso contexto. É uma oportunidade imensa poder dialogar com os mestres que conhecemos apenas por textos e vídeos de performances", disse a organizadora do projeto. 

    O espetáculo "Balões" acontece no sábado (10)
    O espetáculo "Balões" acontece no sábado (10) | Foto: Divulgação

    Formação

    A primeira oficina, marcada para acontecer entre os dias 12 e 14 de agosto, será ministrada por Ésio Magalhães, um dos mestres da palhaçaria no Brasil e membro fundador do grupo Barracão Teatro (SP). A atividade acontecerá no período de 14h às 18h, no espaço Caminhos da Arte, cedido pelo Instituto Amazônia, localizado na rua Frei José dos Inocentes, no Centro Histórico, próximo ao Paço Municipal. 

    Com o tema “E o Palhaço o que é?”, a proposta da oficina é fazer uma imersão no universo do palhaço, através de exercícios, jogos e demonstrações para que os participantes entrem em contato com o seu ridículo. O encontro pedagógico também abordará noções da linguagem da máscara, exercícios técnicos de escuta, observação e atenção, além de jogos coletivos e improvisações.

    Com a proposta de exercitar o que for aprendido na oficina, os participantes irão apresentar no dia 18 um “ClownBARÉ”, espetáculo de cenas curtas ao estilo dos cabarés circenses. A apresentação também será no espaço Caminhos da Arte, a partir das 19h.

    Outra frente de ação do “Maloca de Palhaços” são as apresentações que vão acontecer na cidade durante os módulos do projeto. A primeira etapa vai contar com os espetáculos “Balões”, da Cacompanhia (AM), e “Circo do eu só”, do Barracão Teatro (SP).

    A apresentação "Circo do só eu", acontece no domingo (11)
    A apresentação "Circo do só eu", acontece no domingo (11) | Foto: Divulgação

    Agenda

    Balões” – 10 de agosto, às 18h, Largo São Sebastião

    No solo de Jean Palladino, Caco é um palhaço andarilho e solitário que vive em busca de um lugar onde possa viver. O problema é que ele nunca consegue permanecer no mesmo local por muito tempo. O seu incômodo parte de dentro, da saudade que o segue onde quer que vá. Caco desafia a gravidade dos afetos, dos encontros e desencontros, das despedidas e dos recomeços, celebrando as saudades com poesia e comicidade, jogando com pessoas, objetos e sensações.

    “Circo do só eu” – 11 de agosto, às 19h, Feira do Paço (Centro Histórico)

    Com concepção e direção de Ésio Magalhães, o espetáculo tem início quando o majestoso Circo do Sol decide cancelar sua apresentação em cima da hora. O palhaço Zabobrim aparece, então, para apresentar sozinho o grande espetáculo com números de equilíbrio de pratos, macacos em monociclo, hipnose, mágica, acrobacia, música e muito mais. No esforço de realizar o espetáculo por uma companhia inteira, Zabobrim arma muitas confusões e atrapalhações.

    "Anjos"

    Para aprofundar o intercâmbio artístico, alunos de artes cênicas de Manaus puderam se inscrever para serem “anjos” durante todas as atividades do “Maloca dos Palhaços”. Os selecionados vão dar apoio e acompanhar os convidados nacionais, de modo a facilitar a integração deles com a comunidade local.

    Grupo de palhaços "ClownBARÉ" apresenta cenas curtas ao estilo dos cabarés circenses
    Grupo de palhaços "ClownBARÉ" apresenta cenas curtas ao estilo dos cabarés circenses | Foto: Divulgação

    Segundo a idealizadora do projeto, foram mais de 70 inscritos de diversas áreas da arte, de profissionais que já atuam como palhaços, como artistas de teatro de rua, artistas circenses, trabalhadores que atuam em hospital e animadores de festas infantis.

    "O anjo é uma ação para ajudar na questão da formação dos acadêmicos que estão cursando teatro, dança, artes cênicas no geral. Seria uma pessoa que pudesse dar apoio para o convidado. Mostrar a cidade, passar informações como é a cena. É um assistente pessoal para o convidado. A ideia é que seja alguém que esteja cursando ou que tenha interesse na área. É uma chance única de ter contato com alguém que tem experiência no ramo”, ressaltou Ana.

    Serviço:

    O quê: Espetáculo “Balões” (AM)

    Quando: 10 de agosto, às 18h

    Onde: Largo São Sebastião

    Quanto: Gratuito

    O quê: Espetáculo “Circo do só eu” (SP)

    Quando: 11 de agosto, às 19h

    Onde: Feira do Paço (Centro Histórico)

    Quanto: Gratuito

    O quê: Oficina “E o Palhaço o que é?”, com Ésio Magalhães

    Quando: De 12 a 14 de agosto, das 14h às 18h

    Onde: Caminhos da Arte (Rua Frei José dos Inocentes, Centro Histórico, próximo ao Paço Municipal)

    Inscrição: http://bit.ly/OficinaMaloca

    O quê: Espetáculo “ClownBARÉ”

    Quando: 18 de agosto, às 19h

    Onde: Caminhos da Arte (Rua Frei José dos Inocentes, Centro Histórico, próximo ao Paço Municipal)

    Quanto: Gratuito

    Comentários