Fonte: OpenWeather

    Parceria


    Conheça George Japa, cantor amazonense que vai gravar com Safadão

    Em entrevista ao Portal Em Tempo, George Japa falou sobre a carreira e projetos futuros, incluído a gravação de uma música com Safadão

    George Japa tem mais de 10 anos de carreira | Foto: Divulgação

    Manaus - O sonho de todo artista é ganhar reconhecimento pelo seu trabalho. Não é diferente com o cantor amazonense, George Paulo Ribeiro da Silva, de 32 anos, mais conhecido pelo nome artístico “George Japa”.

    Com mais de 10 anos de carreira, George Japa viu a oportunidade de alavancar sua carreira e não perdeu a chance. Nas redes sociais, ele é o assunto mais comentado. Isso porque ele foi convidado por Wesley Safadão para subir ao palco do Garota VIP Manaus, realizado no dia 10 deste mês, na Arena da Amazônia.

    Japa é natural de Parintins
    Japa é natural de Parintins | Foto: Divulgação

    Ao lado de Safadão, George Japa cantou a música “Dois Lados”, lançada recentemente no mês de agosto que faz parte do novo álbum de Wesley, além de músicas autorais de Japa.

    Durante a apresentação, o forrozeiro declarou publicamente para mais de 30 mil pessoas que se encantou com a voz de George e fez o convite para gravarem uma música juntos.

    Em entrevista exclusiva ao Portal Em Tempo, Japa contou que a sensação de ter sido convidado pelo ídolo foi a melhor que já sentiu até hoje.

    “Foi um dia muito importante para mim. O dia que realizei um sonho, de subir ao palco e cantar ao lado de quem você admira. Lembro que passei o show todo pensando se conseguiria tirar pelo menos uma foto com ele. Após minha namorada acenar para o Safadão, ele me viu e pediu para subir ao palco”, declarou George.

    George Japa durante o Garota VIP com Safadão
    George Japa durante o Garota VIP com Safadão | Foto: Divulgação/Instagram

    História

    Natural do município de Parintins (distante de 534 quilômetros de Manaus), George Japa, que trabalhava como autônomo na área de vendas, sempre esteve envolvido com o mundo artístico. A referência vem desde o avô que já cantava, passando para o pai que cantou na banda GS4, sucesso nos anos 2000.

    “Apesar do meu pai sempre me aconselhar que o mundo da música era algo muito puxado e com grandes dificuldades, ele foi meu principal incentivador. Aprendi muito com ele, sempre me orientou”, contou George.

    Influência que incentivou não só George como também seu irmão Ricardo Cedraz, onde juntamente cantaram durante seis anos na banda Forró Ideal.

    Agora com carreira solo, há pouco mais de um ano, além de realizar vários shows em casas noturnas em Manaus, George Japa já passou por vários municípios do Amazonas e em alguns Estados do Norte e Nordeste. Japa possui mais de 20 músicas autorais e já chegou a gravar canções com artistas famosos de outros gêneros musicais, como o cantor Jerry Smith. Juntos lançaram o hit “Rabança”, que apresenta uma mistura de forró e funk.

    Japa durante a participação da TV Web
    Japa durante a participação da TV Web | Foto: Mayson Dantas

    Admiração

    George Japa confessou que a admiração que tem pelo Safadão é de longa data. O cantor sempre admirou o trabalho de Wesley e humildade dele com o público.

    “Lembro de mandar mensagens de admiração de cinco anos atrás. Sempre o vi como um cara gente boa. A gente percebe quando um artista faz as coisas do jeito certo, seu trabalho é reconhecido de forma grandiosa. O Safadão é um exemplo. Acompanho o trabalho dele desde o início da carreira, ele transmite uma energia boa e tomo como inspiração para mim”, declarou George.

    George Japa tem Wesley Safadão como referência
    George Japa tem Wesley Safadão como referência | Foto: Divulgação/Instagram

    Parceria

    Apesar do cantor estar profundamente motivado com o convite de Wesley Safadão, Japa afirma que tudo deve ser feito com cautela e profissionalismo.

    “Temos que ter o pé no chão e ir com cautela. Se Deus quiser vai dar certo. Temos que tentar. Pretendo realizar um trabalho bem forte com essa música que vou gravar com o Wesley, para mostrar ao restante do país o meu trabalho. Agora eu conto com o apoio de todos o Amazonas nessa divulgação”.

    Comentários